No Amazonas comercialização de peixes ornamentais tem isenção de ICMS

Nesta quarta – feira  (23/02) o Governo do Amazonas, por meio da parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), concedeu a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos pescadores para a comercialização de peixes ornamentais no Amazonas. O  governador Wilson Lima, anunciou a inserção durante uma série de ações governamentais em Barcelos.

O Governo do Estado do Amazonas está a isenção do ICMS no mercado do peixe ornamental, para o pescador ter acesso à emissão da Nota Fiscal Eletrônica Avulsa (NF-e) com a isenção do ICMS é necessário possuir o Cartão do Produtor Primário (CPP), emitido exclusivamente pelo Idam. Com o cartão é possível gerar a senha para emissão da nota fiscal, possibilitando a comercialização das espécies listadas na pauta de preços mínimos da Sefaz, a exemplo de cardinal, neon, bodó, apistograma, entre outras.

Antes do Cartão do Produtor, os pescadores ornamentais não tinham descontos na aquisição de equipamentos e utensílios para pesca, e, na hora da comercialização a nota fiscal era emitida por meio do CPF, com tributação de 18% referente ao ICMS.

De acordo com o diretor-presidente do Idam, Tomás Sanches destacou as vantagens que o pescador vai obter com a inserção:

“O piabeiro, no momento da venda, pagava 18% de imposto, e agora, a partir dessa articulação poderá vender seu peixe com a isenção. Para se ter uma noção do tamanho desse benefício, em 2021 foram comercializados R$ 14 milhões em peixes ornamentais, e cerca de R$ 2,5 milhões foram convertidos em imposto. Hoje, o pescador, o piabeiro, o homem que extrai essas espécies nativas do rio para exportação vai colocar esse recurso no bolso”, enfatizou Tomás.

“Trabalho desde os 11 anos com peixe ornamental, e hoje tudo que tenho, agradeço muito a Deus pelo peixe que trabalhamos. Essa isenção vai nos servir muito, porque na época do turismo as pessoas vêm na minha casa, e agora vão ter como levar os peixes”, declarou a pescadora ornamental Aramar Castro Pinheiro.

Ao todo, 137 pessoas foram beneficiadas com a entrega do CPP em Barcelos, sendo 30 pescadores e 107 agricultores familiares e extrativistas.

Os peixes ornamentais dos municípios de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro já possuem certificação do registro de Indicação Geográfica (IG) concedida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

Related Articles

Check Also

Close
Close