Na última semana do primeiro turno, Omar e Melo discursam na quadra da Aparecida

HER_9503

Na última semana do primeiro turno, Omar e Melo discursam na quadra da Aparecida
O candidato ao Senado Federal e o ex-governador, Omar Aziz (PSD), e o governador do Amazonas e candidato à reeleição, José Melo (PROS), visitaram nesta segunda-feira (29) a quadra da Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida, localizada no bairro de mesmo nome, zona sul de Manaus. Além de candidatos a deputado estadual e federal, esteve também presente na reunião a presidente municipal do PSD e ex-primeira-dama, Nejmi Aziz.

Em seu discurso para o público presente, Omar Aziz destacou a evolução da candidatura de Melo no decorrer do período eleitoral. “No início do período eleitoral, tinha gente que já falava como governador eleito. Mas eu sabia que a simplicidade ia vencer a arrogância. Nos últimos quatro anos, fizemos mais do que quem passou mais tempo e não fez. Vejo o Eduardo criticar a segurança, mas ele passou oito anos e não fez nada. Ele não apresenta um programa melhor. Na época dele, policial não tinha equipamento, não tinha fardamentos,. Policial empurrava carro. Mas aumentamos o efetivo e criamos um programa, que tem defeitos, mas o Melo sabe como corrigir”, analisou.
Omar também abordou outros pontos em que Melo tem propostas melhores que as dos adversários. “Vamos falar de saúde. Há quantos anos inventaram a vacinação do HPV? Por que eles não vacinaram uma mulher? Só aí já demos um banho. Vamos falar de programas. Com o Viver Melhor, entramos na casa das pessoas e ajudamos a amenizar o sofrimento de quem tem portadores de necessidades especiais na família.

HER_9697

A Clínica de Reabilitação ajudou muitas mães preocupadas com os filhos dependentes químicos”, resumiu.
“As pesquisas sérias já mostram que vamos ter segundo turno. E iremos ganhar a eleição no segundo turno”, projetou Omar, antes de finalizar o discurso fazendo um pedido para o atual governador. “Melo, eu não consegui fazer em Manaus, mas acho que o que foi feito com o Cláudio Santoro em Parintins pode ser replicado nas quadras escolas de samba daqui. Não foi falta de vontade minha não ter conseguido. E tenho certeza que no Senado vou continuar ajudando”, finalizou.

HER_9503
Mesmo em preparação ao debate desta terça, Melo não economizou o discurso e conversou com as pessoas que lotaram o galpão da Aparecida. “Infeliz do povo que não cultiva suas raízes. E infeliz do governo que não ajuda o povo a expressar sua arte. A alma do povo pode estar nos pés do sambista, na graça da porta-bandeira, na harmonia de uma bateria e pode estar também na pena de um artista que consegue transferir para uma avenida o que estava em sua alma. Vocês conhecem minha origem. Vocês podem ter a certeza que a prioridade dos recursos da Secretaria de Estado de Cultura será para os artistas do povo do Amazonas. Podem estar certos disso. Minha prioridade será vocês. Não importa que eu esteja rouco no debate amanhã. Eu tinha que falar para vocês que a prioridade do dinheiro do governo será para as pessoas do Amazonas e para os artistas do Amazonas”, assegurou.

APOIO – As mais tradicionais escolas de samba de Manaus como Aparecida, Alvorada, Kamélia, Sem Compromisso, Vitória Régia, A Grande Família e Reino Unido da Liberdade, prestigiaram o comício. O presidente da Aparecida, Luiz Pacheco, não poupou elogios a Omar. “Todas as vezes que o Carnaval passou por um momento ruim, o Omar estava lá com a sua mão amiga para nos ajudar. A cultura popular está com vocês, Melo e Omar. Aqui geramos emprego e renda no Estado do Amazonas. Ópera é muito bom, mas lá em Viena”, ressaltou Pacheco

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close