Morre o advogado e jornalista Paulo Figueiredo

Morreu na madrugada desta sexta-feira ( 9/2), o Advogado e jornalista Paulo Figueiredo, no Hospital Sírio-Libanês -São Paulo. O advogado já estava há uma semana em coma profundo, após  cirurgia para a retirada de um tumor benigno no estômago, ele sofreu uma parada cardíaca.

O advogado era natural da cidade de Itacoatiara -AM, foi secretário de Planejamento do Estado na primeira gestão de Amazonino Mendes – foi autor de livros como: “Cesteiro Inglês” e o ‘’Golpe Militar no Amazonas”- Crônicas e Relatos’’.

Figueiredo era muito atuante nas redes sociais, sempre muito polêmico em seus artigos. O corpo do jornalista será cremado.

 

O governador Amazonino Mendes enviou nota de pesar


NOTA DE PESAR DO GOVERNO DO AMAZONAS

 

O Governo do Amazonas manifesta profundo pesar pelo falecimento do advogado, professor universitário, jornalista e escritor amazonense Paulo Figueiredo, na madrugada desta sexta-feira (9/2).

Autor de obras como “O Cesteiro Inglês” e o “O Golpe Militar no Amazonas – Crônicas e Relatos”, Paulo Figueiredo foi editorialista e articulista de importantes órgãos de imprensa do Amazonas e de outros estados, como Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Paulo Figueiredo também exerceu o cargo de secretário estadual no primeiro governo de Amazonino Mendes, que aproveita a oportunidade para prestar condolências aos familiares e amigos nesse momento de perda.


 

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close