Marcelo Ramos discursa sobre desequilíbrio das contas do Estado

MARCELO-RAMOS-PSB-DM1-572x381

O desequilíbrio das contas públicas do Estado voltou a ser tema do discurso do deputado estadual Marcelo Ramos (PSB) no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Na manhã desta terça-feira (26), o parlamentar disse que cada número que avalia, aumenta sua preocupação com relação às contas do Amazonas.

Com base nas informações divulgadas no site de transparência do Governo, Marcelo Ramos disse que o Estado gastou no ano passado R$ 983 milhões a mais do que pagou. “Ou seja, no primeiro dia de janeiro de 2014, sem fazer nada, o Amazonas já tinha uma dívida de R$ 983 milhões. Dívida que certamente no fim deste ano, baterá a marca de R$ 1 bilhão”, disse.

Com isso, segundo o deputado, pela primeira vez na história, “o Governo do Amazonas vai fechar as contas com desequilíbrio fiscal na ordem de R$ 1 bilhão, ou seja, gastará mais do que arrecadou. Além de gastar mais do que arrecada, gasta mal os recursos governamentais”, afirmou.

Marcelo Ramos disse ainda que em 2013 o governo contraiu empréstimo para pagar despesas de custeio . “Isso significa estar no fundo do poço do ponto de vista do equilíbrio de suas contas”, frisou.

Segundo o parlamentar, isso significa que em 2016 e 2017 o Amazonas captará de novos empréstimos menos do que pagará de juros das dívidas mais contraídas, principalmente de empréstimos de recursos para a ponte Rio Negro, Arena Amazônia, Prosamim e para pagar despesas de custeio.

O deputado disse ainda que o governo utilizou recursos do Fundo do Desenvolvimento do Interior Turismo e Infraestrutura (FTI) e do Fundo da Micro e Pequena Empresa e Assistência Social (FMPS) para outras finalidades, “ou seja para outros objetivos, contrariando o objetivo inicial”.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close