Justiça cassa pensão de viúva e manda irmão dela deixar mansão

O desembargador do Tribunal de Justiça local Galdino Toledo (TJ cassou, em caráter liminar, na tarde desta quarta-feira (5) o direito à pensão que assegurava à viúva de Gugu Liberato, Rose Di Matteo, um benefício de R$ 100 mil mensais.

Os advogados da família do apresentador apresentaram um contrato de casamento assinado por Rose Miriam, em que a médica reconhece ter feito um acordo apenas para ter filhos e educá-los sem relação conjugal ou contato íntimo. Para Toledo  Gugu e Rose não tinham uma relação de união estável, ele fixou apenas o pagamento dos custos dos filhos e gastos da residência, fixando o valor de US$ 10 mil (cerca de R$ 42 mil) para os custos com a manutenção mansão. 

Nessa semana, a Justiça já havia rejeitado bloqueio de 50% dos bens de Gugu Liberato, após novamente entender que Rose Miriam e Gugu não eram casados.

A fortuna de Gugu é avaliada em R$ 1 bilhão Miriam quer a metade da fortuna .

Irmão de Rose Miriam Di Matteo, mãe dos filhos de Gugu Liberato, Gianfrancesco Di Matteo terá que deixar à força a mansão onde o apresentador sofreu o acidente que provocou sua morte, Uma decisão judicial permite que os herdeiros o expulsem a qualquer momento do imóvel, localizado em Orlando (EUA). A juíza Eliane da Câmara Leite Ferreira, da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de São Paulo, decidiu na noite da última terça-feira (4) a favor da defesa da família de Gugu, de retirar Gianfrancesco Di Matteo da residência 

Os advogados e a assessoria da família do apresentador não se pronunciarão sobre o imbróglio. A assessoria da defesa de Rose Miriam informa que Gianfrancesco deixará a mansão espontaneamente.

Os filhos do apresentador Augusto Liberato alegam que o irmão de Rose tomou posse do quarto de Gugu no dia seguinte da morte do apresentador, causando um desconforto aos filhos.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close