José Melo institui sindicância para apurar denúncias do Fantástico

O governador do Estado, José Melo (PROS), instituiu, uma comissão especial de sindicância para apurar, em até 30 dias, as denúncias veiculadas, pelo programa ‘Fantástico’, da Rede Globo, referentes à contratação da empresa da Nair para prestar serviços durante a Copa do Mundo de Futebol, em 2014, o valor do contrato foi de R$ 1 milhão entre a organização sem fins lucrativos Agência Nacional de Segurança e Defesa, de Nair Blair, e a Segurança para Grandes Eventos, comandada por Dan Câmara, para prestar serviço de complementação e solução tecnológica de monitoramento em tempo real móvel.A medida ocorre após o programa divulgar denúncias de um suposto esquema de compra de votos no Amazonas com uso de recursos do estado.

Foto: Edson Piola/portaldoamazonas.com

Foto: Edson Piola/portaldoamazonas.com

A composição da Comissão será divulgada, hoje, quinta-feira (12), pelo controlador geral do Estado, Leopoldo Peres Sobrinho. “Serão pessoas isentas, sem ligações políticas e divulgaremos todas as informações à imprensa”, disse o controlador, ontem, segundo a chefia de gabinete.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close