Humaitá e Manicoré recebem ações da campanha Floresta Faz a Diferença

Próximos municípios do sul do Amazonas a receber as atividades são Novo Aripuanã e Apuí

Humaitá e Manicoré são os primeiros municípios do sul do Amazonas a receberem a campanha Floresta Faz a Diferença, promovida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), em 2022. Os próximos são Novo Aripuanã e Apuí. As ações no sul do Amazonas vão até 20 de maio.

A iniciativa de educação ambiental visa levar informações e sensibilizar a população a respeito do desmatamento e das queimadas ilegais. A Campanha iniciou em 2021 e já passou por 17 municípios do estado. No sul do Amazonas, Lábrea, Canutama e Boca do Acre já receberam as atividades, ainda no ano passado.

Em Humaitá (distante 590 quilômetros de Manaus), as atividades ocorreram no período de 4 a 6 de maio. A agenda incluiu alinhamento das atividades de prevenção e orientações dos marcos legais ambientais, para fortalecimento do Sistema Municipal do Meio Ambiente, junto à equipe técnica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Ambiental Sustentável (Semdas).

No dia 5 de maio, foram realizadas palestras de prevenção às queimadas e desmatamento para 765 pessoas, entre alunos e professores, nas Escolas Estaduais Álvaro Maia e Governador Plínio Ramos Coelho Filho – GM3, e no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Tarcila Prado de Negreiros Mendes.

Manicoré – No município de Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus), as atividades ocorreram na segunda e terça-feira (9 e 10/05).

FOTO: Divulgação/Sema

A equipe técnica da Sema realizou, no dia 9, uma apresentação do panorama do desmatamento e das queimadas no Amazonas para debate e reflexão junto a 44 autoridades e representantes de órgão públicos. Entre eles estava o prefeito de Manicoré, Lúcio Flávio do Rosário, secretários municipais e vereadores.

No dia 10, foi realizada uma capacitação com 13 técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades), onde foram abordadas estratégias de fortalecimento do Sistema Municipal do Meio Ambiente.

Durante a tarde foi realizada uma palestra para 52 alunos e professores da Escola Estadual Maria Sá Mota.

Os dois municípios também receberam materiais educativos para continuidade do trabalho: cartazes, banners e faixas da campanha Floresta Faz a Diferença.

As ações educativas estão sendo financiadas pelo Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia (Amazon Sustainable Landscapes / ASL). O projeto é uma iniciativa financiada pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (no inglês, Global Environment Facility – GEF), coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Related Articles

Check Also

Close
Close