Governo do Estado responde solicitação de Roberto Cidade em atenção às famílias de Itacoatiara afetadas pelas chuvas

Atento à questão da cheia dos rios que afeta os municípios do interior e ainda aos prejuízos causados pelas chuvas, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (UB), tem solicitado ao Governo do Estado apoio às famílias afetadas. Foi o que ocorreu com Itacoatiara (distante a 267 km de Manaus), que teve em torno de 850 famílias atingidas pela subida das águas, no mês de maio.

“Tenho acompanhado com muita preocupação o que tem acontecido no nosso Estado, as chuvas têm se tornado mais constantes e a subida dos rios têm afetado muitas famílias. Assim que soube do ocorrido em Itacoatiara encaminhei ofício ao governo solicitando ajuda emergencial, ao que prontamente foi atendido pelo Governo do Estado. Mesmo tendo plena convicção que o Governo do Estado está atento ao que acontece no Amazonas, é importante que não nos furtemos à nossa responsabilidade de cobrar ações, de cobrar medidas que amenizem o sofrimento das famílias”, afirmou.

Em resposta à solicitação de Cidade, o Governo do Amazonas, por meio do Subcomando de Ações de Defesa Civil (SUBCOMADEC), informou que mantém equipe de serviço 24h por dia para acompanhar, monitorar e auxiliar as defesas civis municipais, que são encarregadas de dar a primeira resposta aos municípios e ainda que foram encaminhadas 1,5 mil cestas básicas como forma de ajuda emergencial.

Diante do ocorrido também foi repassado ao município o valor de R$ 1,1 milhão para a aquisição de kits higiene, limpeza, dormitório, gás de cozinha e demais ações voltadas à assistência das famílias atingidas.

“Foram quase cinco mil pessoas afetadas, algumas delas ficaram desabrigadas, por isso, minha preocupação em saber como, efetivamente, elas foram assistidas. Com o período chuvoso ainda em curso e diante de tanta destruição causada pelas chuvas em todo o País, é importante que nos mantenhamos vigilantes para que a assistência chegue a quem mais precisa. O governo Wilson Lima tem esse cuidado, no entanto, é minha obrigação manter esse olhar atento para o interior do nosso Amazonas, e é isso que estou fazendo”, disse.

Related Articles

Check Also

Close
Close