Governo do Amazonas promove cursos de capacitação para piscicultores em Rio Preto da Eva

Workshops dentro da programação da 21ª Feira da Laranja e 4ª Feira da Piscicultura enfocaram qualidade da água e alevinagem

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), em parceria com Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), promoveu dois cursos voltados à capacitação dos piscicultores do município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros da capital). As atividades aconteceram nesta quinta-feira (28/10), dentro da programação da 21ª Feira da Laranja e 4ª Feira da Piscicultura.

O curso “Monitoramento da Qualidade de Água na Piscicultura”, ministrado pelo engenheiro de Pesca da Sepror, Andreson Amâncio, enfocou a qualidade da água e de como ela interfere na criação dos alevinos e peixes.

“A qualidade da água é fundamental para o sucesso da produção, em que juntamente a genética e a nutrição é que irão dar a condição ideal para o piscicultor. Deve-se acompanhar os parâmetros físicos, como temperatura e transparência e também os parâmetros químicos, como oxigênio da água, e pH. Seguindo esses passos, o produtor consegue um sucesso na sua produção muito maior”, disse Andreson.

O segundo curso, “Alevinagem: como obter ótimos resultados?”, foi ministrado pelo biólogo da Sepror, Philip Auzier. Na formação, os participantes puderam conhecer mais a fundo sobre a legalização dos peixes e infraestrutura para a venda do produto.

“A alevinagem é uma das principais atividades dentro da piscicultura, pois ela fornece a ‘semente’, que é o alevino, de modo que, no seu final de ciclo produtivo, possa ser o peixe na mesa dos consumidores. Esse workshop é fundamental para os produtores saberem da importância da alevinagem”, completou Philip.

O piscicultor da região, Hemerson Silva, é um dos participantes dos dois cursos. Ele falou da importância de Capacitações como essa, e como ele sanou suas dúvidas referentes a criação e o melhor desenvolvimento da sua produção.

“Essas oficinas ajudam no crescimento das minhas produções e também no aprendizado do método correto de todo o processo de alevinos. Como eu já tenho uma produção, pude perceber alguns erros que eu cometo, e agora irei aplicar o conhecimento adquirido, para ter uma produção mais segura e mais rentável”, explicou Hemerson.

Coloque

Piscicultura no Amazonas – No período da tarde, foi realizada uma roda de conversas sobre políticas públicas para a piscicultura no Amazonas, com foco no desenvolvimento do setor dentro do estado.

A atividade teve a participação do secretário executivo adjunto de Pesca e Aquicultura da Sepror, Leocy Cutrim; do diretor técnico do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Tomás Sanches; e do engenheiro de Pesca da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Edson Luniere.

Related Articles

Close