Governo do Amazonas participa da campanha ‘Sauim-de-Coleira, uma espécie que pede socorro’

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (SDS), do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), participou nesta terça-feira, 3 de março, da abertura da campanha de proteção ao Sauim-de-Coleira. Com o tema “Sauim-de-coleira, uma espécie que pede socorro”, a programação de lançamento teve palestras, exposição fotográfica e debates sobre as ações previstas para preservação do primata. O evento segue na quarta e quinta, dias 4 e 5, no Teatro Direcional, no Manauara Shopping (avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, zona centro-sul).

fotos-roberto-carlos-sauim-de-coleira-rweunião-especé-que-pede-socoro-3-500x337A mobilização agrega esforços do poder público e de organizações não governamentais (ONGs) e tem a finalidade de reverter o estado crítico de extinção do primata. A ação faz parte do Plano Nacional para Conservação do Sauim-de-Coleira (PAN).

A meta é assegurar a sobrevivência de pelo menos oito populações de Saguinus Bicolor (nome científico), reduzindo sua taxa de declínio populacional e protegendo áreas de ocorrência da espécie.Para atingir as metas estabelecidas pelo PAN, o ano de 2015 é considerado pelas entidades envolvidas como o “Ano do Sauim”.

O Governo do Amazonas também intensificou sua participação para proteção do macaco, ficando responsável em revisar o plano de gestão de algumas reservas e unidades de conservação estaduais, como a RDS Puranga-Conquista (em Manaus); Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro, setor Tarumã; e o Parque Estadual Sumaúma, onde existe a presença do animal.

Além de cuidar da manutenção da espécie nesses locais, a SDS também vai trabalhar a educação ambiental, por meio de palestras em escolas, centros de convivência e nas comunidades onde há fragmentos florestais relevantes para proliferação do Sauim. Outra medida é a implantação do projeto Agente Ambiental Voluntário, que vai estimular jovens e adultos a cuidarem da fauna e da flora voluntariamente.

sauim

Crescimento e ordenamento – Uma das estratégias da SDS para preservação da fauna e da flora amazônica é estimular o desenvolvimento ordenado da cidade. De acordo com a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Estado, Kamila Amaral, há um compromisso da pasta ambiental de chamar a atenção não apenas dos órgãos licenciadores de obras, como também das prefeituras da região metropolitana para discutir a questão das novas edificações.

“Nós não somos contra o crescimento das cidades, mas é preciso que haja um compromisso de quem libera e executa a obra para com o meio ambiente”, destacou Kamila, acrescentando que já está em conversa com as prefeituras de Itacoatiara e Rio Preto da Eva, territórios com ocorrência do Sauim.

Medidas já adotadas – De acordo com o presidente do Ipaam, Antônio Ademir Stroski, o órgão já trabalha para garantir regras mais criteriosas em relação ao licenciamento ambiental. “Os órgãos ambientais de licenciamento estão diretamente ligados a este desafio. Nós já estamos adotando medidas com mais critérios para os licenciamentos, mas é preciso o engajamento da sociedade como um todo’’, ressaltou.

Nas obras a secretária de Infraestrutura do Estado, Waldívia Alencar, afirmou durante o evento que o Estado já inclui nos projetos medidas que contribuem para a diminuição do impacto ambiental. “Hoje, a Seinfra já leva em conta o habitat desses animais como o Sauim de Coleira, que é mascote de Manaus. A construção da Avenida das Flores já leva em consideração a fauna e a flora e nas outras obras também já é feito esse trabalho’’, destacou

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close