Governo do Amazonas paga indenizações e possibilita soluções seguras de moradia para famílias do Prosamim

O Governo do Amazonas pagou, nesta sexta-feira (11), Indenizações, Bônus-moradia, Auxílio-moradia e  Fundo de Comércio para 37 beneficiários cadastrados no Programa Social e Ambiental  dos Igarapés de Manaus (Prosamim), no Igarapé do Mestre Chico nas proximidades  da avenida Leonardo Malcher e Rua Parintins, na Praça 14. Os técnicos da Superintendência de Habitação (Suhab) realizaram os pagamentos às famílias na sede da Unidade Gestora de Projetos Especiais-UGPE, na rua Jonathas Pedrosa-Centro.

 

Segundo a diretora-presidente da Suhab, Viviane Dutra, com esses pagamentos, as frentes de obras do Prosamim avançam mais da metade na área de intervenção que prevê a retirada de 122 imóveis. “Hoje, além de possibilitar que essas famílias passem a viver em um lugar seguro e regularizado, chegamos a mais de 80% do reassentamento para intervenção necessária que possibilitará obras de drenagem de saneamento e também urbanística beneficiando toda cidade”, afirmou a diretora-presidente.

 

Anderson Viana, motorista , foi um dos beneficiários que estava feliz com o pagamento do Bônus-Moradia. ”Estou muito agradecido por esse momento, minha família vai para uma casa segura. Nossa nova casa fica próximo de todos os serviços de saúde, educação e comércio”, disse o beneficiário.

 

Para essa ação, o Governo do Estado disponibilizou o valor de R$ 1.408.997,97 em recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). As 37 famílias foram divididas em 14 indenizações (valores que variam de acordo com o valor da benfeitoria do  imóvel),  seis bônus-moradia no valor de R$ 50 mil reais (solução aplicada para aquisição de casa regularizada no mercado imobiliário);  13 auxílios-moradia no valor de R$ 6 mil reais (aplicada à inquilinos e cedidos atendidos pelo programa) e quatro Fundos de Comércio.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close