Governo do Amazonas homologa resoluções que garantem ampliação da atenção básica em Manicoré

O secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, homologou, nesta sexta-feira (30/04), as resoluções da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) que garantem a ampliação da Atenção Básica no município de Manicoré, no sul do Amazonas (a 332 quilômetros de Manaus). As sete resoluções permitem um incremento de recursos mensais de cerca de R$ 350 mil ao município, para serem investidos na ampliação das equipes de Saúde da Família Ribeirinha e Unidade Básica de Saúde Fluvial.

Segundo o prefeito de Manicoré, Lúcio Flávio, o recurso vai permitir a instalação de sete polos de saúde na zona rural do município, a partir da mudança da modalidade Estratégia de Saúde da Família para Estratégia de Saúde da Família Rural, todos com equipe de saúde bucal. O projeto também inclui reforço de equipe para a UBS Fluvial.

“Significa mais apoio para o atendimento na saúde de Atenção Básica na zona rural. Com isso, o município passa a receber mais recursos e teremos a obrigação e o dever de assistir melhor nossos irmãos que estão na zona rural”, disse o prefeito, ao agradecer a rapidez com que os processos para a liberação do recurso, que é federal, transitaram na Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) para o repasse ao município.

Enfrentamento à Covid-19 – O prefeito também ressaltou a importância da ampliação das equipes de Atenção Básica para as ações de combate à Covid-19 no município. “Estamos reforçando a nossa UBS Fluvial e levando médicos e técnicos de saúde. Isso vai nos dar melhores condições, para que possamos chegar a todos os ribeirinhos com a vacinação e as estratégias de atenção básica”.

O Secretário Marcellus Campêlo também informou ao prefeito e sua equipe, que a Usina de Oxigênio adquirida pelo Governo do Estado para o Hospital de Manicoré deverá ser entregue na próxima semana, para instalação e funcionamento até o fim da primeira quinzena de maio.

“Manicoré ainda está pressionada pela Covid-19, principalmente por conta da proximidade com Rondônia, e nós estamos fortalecendo a rede de saúde com o envio de uma usina de oxigênio para lá”, garantiu o secretário.

Na reunião também foi tratado sobre a conclusão do hospital de Santo Antônio de Matupi. Marcellus disse que a SES-AM deve visitar o município, em meados de maio, para tratar sobre a entrega da obra e verificar questões como equipamentos e recursos humanos.

Close