Governador José Melo abre Seminário Internacional de Operações de Selva das Forças Armadas

Com o objetivo de discutir as operações na selva em situações de paz e guerra e a preservação da região amazônica, o Comando Militar da Amazônia (CMA) deu início nesta terça-feira, 17 de novembro, ao 1º Seminário Internacional de Operações de Selva. O governador do Amazonas, José Melo, abriu o evento destacando o papel da atividade militar na proteção das fronteiras nacionais, apoio à preservação da biodiversidade amazônica e nas ações sociais direcionadas a populações ribeirinhas do interior do Estado.

 hh

José Melo afirmou que a presença das forças armadas no Amazonas garante a preservação do bioma amazônico, garantindo seu estudo e a possibilidade de desenvolvimento sustentável da região. Ao destacar o apoio às ações sociais e na área de saúde pelas forças militares brasileiras, o governador voltou a defender a participação de efetivo militar no combate ao tráfico de drogas e armas nas fronteiras do Estado.

“Esse evento vai permitir que as forças armadas tenham acesso a equipamentos modernos que ajudem na vigilância efetiva das nossas riquezas, contribuindo na preservação desse patrimônio genético para estudos científicos e, com isso, gerar emprego e renda para o nosso povo. Tenho esperança de que a gente possa combater de forma efetiva o tráfico de drogas. Que haja um efetivo para as nossas fronteiras para impedir que as drogas cheguem ao Brasil”, disse.

O Comandante Militar da Amazônia, general Theophilo Gaspar de Oliveira, o general do Exército, José Carlos de Nardi, chefe do Estado Maior das Forças Armadas, e o general Sérgio Westphalen, chefe do Estado Maior do Exército, participaram da solenidade de abertura, realizada no Clube do Trabalhador do Sesi, na zona leste de Manaus. 

Em sua primeira edição, o Seminário Internacional de Operações de Selva acontece em Manaus até a próxima quinta-feira, 19 de novembro, reunindo militares brasileiros, especialistas e autoridades que atuam na área de segurança pública, além de militares de outros 21 países que compõem o quadro das Nações Amigas. “Estamos aqui apresentando materiais de emprego duplo para situações de paz e guerra. Com a presença de generais do Ministério da Defesa e do alto comando das Forças Armadas para discutir um pouco de operações na selva e preservação ambiental”, frisou o comandante militar da Amazônia.

Indústrias fabricantes e fornecedores de tecnologia e serviços estão expondo as novidades do setor. São novas tecnologias, produtos e equipamentos desenvolvidos para o Exército, Marinha, Força Aérea, Forças Policiais, Forças Especiais, Homeland Security, Law Enforcement e Gestores de Segurança de Empresas. A exposição é aberta ao público.

Além do Exército Brasileiro, estão participando militares da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira, de forças policiais, instituições governamentais, universidades, e empresários. A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas também está presente.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close