Fundação Hospital Adriano Jorge inicia atividades de sensibilização dos servidores para implantação do serviço de transplantes de fígado

DSC06939-500x333

A Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), do Governo do Estado, iniciou nesta segunda-feira, dia 2 de junho, a segunda edição do projeto de sensibilização à doação de órgãos e tecidos, “Doar é um ato de amor”. A atividade visa sensibilizar e incentivar a participação dos servidores, assim como dos pacientes do ambulatório de transplantes de fígado e seus familiares, no processo de conscientização da sociedade civil na doação e captação de órgãos e tecidos para fins de transplantes.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, a meta é realizar o primeiro transplante de fígado ainda neste ano. O diretor-presidente da FHAJ, Raymison Monteiro de Souza, afirmou que além de esclarecer dúvidas de servidores, a atividade de informar e sensibilizar a sociedade são essenciais para o sucesso da implantação do programa de transplante de fígado pelo Governo do Estado.

“Estamos trabalhando para fortalecer o envolvimento de todos e complementar as habilidades de cada integrante da equipe multiprofissional do Transplante Hepático, o Grupo Hepato, sejam eles da área médica ou administrativa”, destacou Raymison. “Além disso, queremos incentivar a população a conversar com os parentes sobre a doação de órgãos”.

Segundo a enfermeira Eliane Nascimento, coordenadora do Grupo Hepato, da FHAJ, além de incentivar a doação, as atividades tem por meta orientar pacientes e familiares quanto ao serviço que está sendo implantado na FHAJ, aos deveres do paciente pré e pós-transplantes. “Destacamos que a falta de informação e o preconceito acabam limitando o número de doações obtidas de pacientes com morte cerebral. Com a sensibilização, poderemos aumentar o número de doadores de órgãos. Para muitos pacientes, o transplante é a única forma recuperar a saúde”, enfatizou a enfermeira.

O projeto “Doar é um ato de amor” ocorrerá com palestras, distribuição de informativos e esclarecimento de dúvidas, todas às segundas-feiras, na Recepção do Ambulatório de Transplantes, até o final do mês de julho. Para mais informações consultar www.doeorgaos.am.gov.br.

Treinamentos – Mensalmente, uma equipe de tutoria do Grupo Hepato, liderada pelo médico Tércio Genzini, de São Paulo, está realizando na FHAJ, reuniões de trabalho sobre Transplante Hepático. O Grupo Hepato é especializado no estudo e tratamento clínico e cirúrgico de doenças do fígado, pâncreas e demais afecções do Aparelho Digestivo. Além disso, a equipe de cirurgiões, enfermeiros e especialistas envolvidos diretamente no processo cirúrgico estão participando de treinamento especializado no Hospital Sírio Libanês.

Estatísticas – Atualmente o Estado do Amazonas realiza os transplantes de rim e de córnea. As estatísticas da Coordenação Estadual de Transplantes mostram que até o mês de abril de 2014 foram realizados 1119 transplantes de córnea e 80 transplantes de rim a partir de doador falecido e 239 transplantes de rim de doador vivo.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close