Fundação Cecon reforça equipe de pediatria e articula parceria com o Hospital do Amor

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) está reforçando a equipe de pediatria do hospital para melhor atender as crianças e adolescentes que buscam tratamento na unidade. Entre as medidas está uma parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) com o Hospital do Amor, de Barretos (SP), para intercâmbio de profissionais.

A reestruturação do setor ocorre após o retorno da oncopediatra do hospital, Jeanne Lee, que havia pedido exoneração no início do ano e  retomou as consultas nesta segunda-feira (20/01). A maior dificuldade da Fcecon deve-se à falta de oncopediatras no estado – apenas três em atividade. Dois deles estão na rede estadual.

“O primeiro passo foi dado com a doutora Jeanne Lee, retomando os atendimentos hoje (20/01). Fora isso, temos conversado com a equipe do Hospital de Barretos que dará esse apoio neste momento e também no futuro”, afirma o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão.

Parceria – Desde esta segunda-feira, a FCecon, por meio da Susam, trabalha em uma parceria com o Hospital do Amor para um intercâmbio de profissionais que possam auxiliar no tratamento da Oncopediatria.

O médico pediatra Henrique Samuel Carvalho, que está concluindo especialização em Oncopediatria em Barretos, está em Manaus para atuar nessa parceria. O médico, que é amazonense, veio para avaliar novos casos e verificar a possibilidade de auxiliar no tratamento destes pacientes na cidade do interior de São Paulo.

Além do auxílio no atendimento, a vinda do médico aproxima o serviço de Oncologia da FCecon de um dos maiores centros de referência em tratamento de câncer do Brasil. “Por ser Barretos um grande centro de referência, temos a perspectiva dos profissionais do hospital nos auxiliarem na reestruturação do serviço de Oncopediatria da FCecon”, afirma a oncopediatra Jeanne Lee.

Reforço – Além do intercâmbio com o Hospital do Amor, a Susam trabalha para reforçar a equipe de Oncopediatria da Fundação Cecon com a chegada de mais três pediatras e de oncopediatras, com espaço ampliado e exclusivo para o atendimento ambulatorial dos pacientes com câncer. Outro projeto em estudo é a reestruturação do 9º andar da FCecon, local onde se localizam a quimioterapia e a enfermaria pediátrica.

Somente no ano de 2019, a FCecon realizou 683 atendimentos no setor de Oncopediatria, que contava no ano passado com uma médica especialista na área e uma clínica médica.

Por ano, cerca de 100 novos casos dão entrada na Fundação Cecon. Os principais são neoplasias (benignas e malignas) de sistema nervoso central, neoplasias ósseas, de partes moles e renais. Casos de leucemia e linfomas são atendidos na Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam).

Close