FCecon intensifica cirurgias de colo uterino em 2014

P1020015-500x375

 

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), realizou, entre janeiro e junho deste ano, 163 conizações, uma média de 27 ao mês.

O procedimento cirúrgico é adotado como tratamento de lesões precursoras do câncer do colo uterino, ocasionadas, principalmente, pela presença do HPV (Papiloma Vírus Humano), associada a outros fatores, como precocidade de início de vida sexual, multiplicidade de parceiros, entre outros.

De acordo com o diretor-presidente da FCecon, pneumologista Edson de Oliveira Andrade, nos últimos meses, a equipe do Serviço de Ginecologia Oncológica da instituição, intensificou a realização deste tipo de cirurgia, considerada uma das formas de tratamento mais seguras para a prevenção do câncer de colo uterino.

Ele destaca que, do total registrado pela instituição no período, 90 foram procedimentos de maior porte, com a utilização do Centro Cirúrgico, e 73 foram atendimentos ambulatoriais, que não necessitaram de internação e se trataram de procedimentos mais simples.

“Este tipo de procedimento também contribui com a redução de casos de câncer de colo de útero, doença que tem recebido especial atenção do Governo do Estado, que ampliou a política de prevenção, incluindo, ano passado, na rede pública, a vacina contra o HPV. A ação foi adotada pelo Amazonas de forma pioneira e abordou meninas com idade entre 11 e 13 anos”, explicou Andrade.

Conforme o diretor-técnico da FCecon, ginecologista obstetra Ademar Carlos Augusto, este tipo de lesão no colo uterino, pode ser detectada com o exame colpocitológico, conhecido como preventivo ou Papanicolau, indicado às mulheres que já iniciaram a vida sexual, e que deve ser feito anualmente.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close