Fachin nega pedido de liberdade a Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), acaba de negar novo pedido apresentado pela defesa para evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ministro disse que, conforme o atual entendimento do STF, a pena só não começa a ser cumprida após condenação em segunda instância se houver recurso a um tribunal superior (STF ou STJ) com efeito suspensivo – caso  que ainda não ocorreu no caso.

Portanto, fica mantida a ordem de prisão decretada na última quinta (5) pelo juiz Sergio Moro, a ser cumprida pela Polícia Federal.

Os advogados de defesa de Lula solicitou que o ex-presidente  a ficasse em liberdade pelo menos até o julgamento desse recurso (chamado embargos de declaração) pela 8ª Turma do TRF-4 – mesmo colegiado que confirmou a condenação de Lula e já rejeitou um primeiro recurso. Ainda não há data prevista para o julgamento desse recurso.

Related Articles

Check Also

Close
Close