Em Parintins, governador José Melo destaca investimentos em infraestrutura e turismo

 

O governador do Amazonas, José Melo, desembarcou na manhã desta sexta-feira, 26 de junho, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), para acompanhar a noite de abertura do 50º Festival Folclórico dos bois-bumbás Garantido e Caprichoso. Recebido com grande festa por brincantes das duas agremiações no Aeroporto Regional Júlio Belém, José Melo exaltou a importância do festival para o fortalecimento do turismo e destacou investimentos, da ordem de R$ 23 milhões, que estão sendo feitos pelo Governo do Estado para melhorias na infraestrutura e na recepção turística da cidade.

HER_1757

De acordo com o governador, as obras serão reforçadas com a chegada do verão. A cidade na calha do Baixo Amazonas é uma das 46 em situação de emergência por conta da cheia dos rios, segundo a Defesa Civil. A situação tem prejudicado o andamento de obras.

Aqui em Parintins temos alguns investimentos. Uns já em andamento, que é o caso da orla dos bairros da Francesa e União. Três trechos da orla da cidade contratados e que nesse verão vão caminhar, e mais outros três trechos com projeto em articulação com o senador Omar (Aziz) para obtenção de recursos junto ao Ministério das Cidades. Estamos atuando no Palmares, com sistema de asfaltamento e no Itaúna 1 e 2″, destacou José Melo.

Novo cartão-postal – José Melo afirmou que a meta é requalificar a orla de Parintins em uma extensão de mais de dois quilômetros, criando um novo cartão-postal. O projeto está em análise no Ministério das Cidades, e conta com apoio do senador Omar Aziz nas negociações para liberação de recursos. “Com o projeto, devemos ter este ano obras que vão desde o matadouro até o São Benedito. Alcançaremos 2.170 metros de orla revitalizados, com ciclovias e outros arranjos importantes. Além de proteger a frente da cidade contra o desbarrancamento, será um novo cartão-postal esse trabalho nessa orla”, disse.

A desativação do lixão e a construção de um aterro sanitário controlado também estão entre os projetos prioritários do Governo do Estado para Parintins. “O Omar destacou recursos, mas a licença não saiu e os órgãos não entraram em acordo. Parintins não comporta mais ter uma lixeira a céu aberto no coração da cidade”, afirmou. A proposta é construir o aterro controlado na comunidade Vila Amazônia. Um termo de ajustamento de conduta, com obras de compensação, está sendo costurado para selar o acordo de construção do aterro.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close