Em Barreirinha, Idam apoia produtores de guaraná que buscam capacitação no cultivo

Cerca de 21 agricultores familiares foram beneficiados com ações de assistência técnica

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), em parceria com a Prefeitura de Barreirinha (distante 331 quilômetros de Manaus), por meio da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempa), realizou uma reunião de orientações técnicas sobre comercialização do produto e capacitação sobre o cultivo do guaraná na comunidade localizada no Rio Andirá, distrito Freguesia.

O encontro realizado no domingo (14/11) atraiu a participação de 21 agricultores familiares. Ao final do levantamento, será iniciada a etapa de capacitação desses agricultores, e em 2022 está prevista uma excursão a Maués para que os agricultores possam conhecer as tecnologias e técnicas utilizadas pelos agricultores do município.

De acordo com o gerente da unidade local do Idam no município, o engenheiro agrônomo Rafael Koide, a ação teve como objetivo realizar um levantamento de Carteira do Produtor Primário (CPP) e orientação sobre a formalização de uma associação ou cooperativa de agricultores da região que desenvolvem o cultivo do guaraná fora da reserva indígena Andirá-Marau.

“Essa foi a primeira de uma série de reuniões que o Idam e a Sempa farão em outras comunidades. A equipe ouviu os agricultores, e agora vamos retornar ao distrito de Freguesia para uma ação de cadastramento dos agricultores, visita técnica e emissão de carteira de produtor”, explicou Koide.

Projeto de comercialização – Nesta quinta-feira (18/11), no município, o consórcio chamado Coordenação Executiva do Conselho Geral da Tribo Sateré-Mawé (CGTSM) trabalha com a comercialização do guaraná cultivado na reserva indígena Satere-Mawé e acessa mercados estrangeiros para a comercialização.

Close