Edital de licitação para obra na rotatória do Manoa é publicado

A Prefeitura de Manaus lançou, nesta quarta-feira, 31/7, o aviso de licitação pública para a obra de construção do Complexo Viário do Manoa, localizado na avenida Max Teixeira, zona Norte. O aviso foi publicado na edição 4.650, do Diário Oficial do Município (DOM), desta quarta-feira, 31, e vai selecionar empresa especializada por meio de modalidade de Regime Diferenciado de Contratação Presencial (RDC), critério menor preço global, no dia 28/8, às 9h (horário de Manaus).  

O complexo a ser construído nas proximidades do Manoa integra o pacote de obras planejado pela prefeitura em comemoração aos 350 anos da cidade, no próximo dia 24 de outubro. “Será uma obra grandiosa. Teremos por esta construção o mesmo carinho e cuidado que estamos tendo com a obra da Constantino Nery, o complexo viário Roberto Campos. Vamos dar agilidade para que as obras no Manoa comecem o mais rápido possível”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

O secretário municipal de Infraestrutura, Kelton Aguiar, explicou que a subcomissão do órgão, responsável pela obra, optou justamente pela modalidade RDC Presencial, a fim de encurtar o tempo do processo e iniciar, o quanto antes, a obra do complexo viário.

“Pelo nível de complexidade da obra e pelo detalhamento que o projeto exige, determinamos que o processo licitatório mais adequado seja o de RDC. Além disso, os prazos são menores para a publicação e outras etapas, o que deve agilizar o processo da licitação e, consequentemente, o início da obra”, destacou. 

A obra do complexo viário do Manoa, anunciada em abril pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, prevê a construção de um viaduto e duas alças de retorno, a fim de melhorar o tráfego de veículos na região.

Avanço     

Paralelamente, a Seminf, por meio do grupo de Coordenadoria de Projetos Especiais, trabalha na fase de estudos do traçado da obra onde há 26 pontos que precisarão ser retirados para o andamento do serviço. Todos os proprietários já foram notificados e oito seguem na etapa dos acordos e indenizações. As outras 18 residências gradativamente serão atendidas. 

Segundo o engenheiro Charles Hudson Moraes, coordenador de projetos especiais, a partir das desapropriações, a obra deverá ganhar celeridade em sua execução e as famílias poderão contar com o apoio da equipe da Prefeitura de Manaus, para realizarem as negociações de suas moradias. 

“Todas as famílias têm um acompanhamento da nossa equipe. É uma etapa de total transparência onde cada proprietário está à vontade para questionar e tirar todas as dúvidas em relação ao processo indenizatório. Queremos que eles não se sintam lesados. E, sim, satisfeitos com os acordos firmados”, concluiu Moraes.

       Mais informações sobre o certame podem ser obtidas na Comissão Municipal de Licitação, localizada na avenida Constantino Nery, 4.080, Chapada, zona Centro-Sul, no horário das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, ou pelos telefones (92) 3215-6376 e 3215-6333.

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close