Detran-AM investe em fardamento dos agentes de trânsito e novo bafômetro

Os agentes que atuam nas fiscalizações do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) estão com fardamento novo. Já em uso, o novo modelo de farda tem cor azul escura predominante e faixa refletiva nos braços, facilitando a visualização durante a noite, e traz nas costas a identificação do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot). Além disso, os agentes passarão a contar com bafômetro de resultado rápido para facilitar a triagem de motoristas nas ações da Lei Seca.

O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, disse que o investimento faz parte da reformulação na estrutura da autarquia, não só administrativa como também de fiscalização e estrutura operacional. O Neot é um núcleo importante na promoção de segurança viária.


“É a nova imagem do Detran perante a população que dá garantia, não só para o agente de trânsito que está trabalhando, como também para a população, que vai poder identificar o agente que está lhe abordando. O etilômetro de constatação que auxilia na triagem, dando mais agilidade e otimizando as ações”, disse Sá.


A nova farda foi usada pela primeira vez durante as operações no lançamento do programa “Muda Manaus”, no último final de semana. Desde o surgimento do Neot, há 15 anos, os agentes não possuíam um fardamento padronizado. Anteriormente os agentes utilizavam calça jeans e camisas de algodão com a logo do órgão.

Novo bafômetro – A fiscalização do consumo de álcool pelos motoristas nas ruas de Manaus passará a contar com um novo equipamento a partir desta sexta-feira (13/12), o bafômetro passivo. O aparelho é um complemento ao bafômetro que já é usado pelos agentes de trânsito do Detran-AM e pretende dar mais agilidade às fiscalizações.

O novo aparelho servirá para fazer a triagem dos motoristas que foram abordados durante as operações da Lei Seca. Ao assoprar no equipamento, uma luz se acenderá indicando se há algum vestígio de álcool. Se a luz for verde, o motorista é liberado. Se for vermelha, ele deverá fazer o teste no bafômetro convencional, aferido, certificado e homologado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O novo aparelho identifica no ar a presença de álcool, a uma distância de 20 a 30 centímetros, o que agilizará o trabalho dos agentes do Detran-AM. O teste dura no máximo 15 segundos, o que permite aos agentes realizar em média 10 testes por minuto. Com ele, o Detran-AM faz uma triagem e concentra a fiscalização nos motoristas que muito provavelmente consumiram álcool. Mas, ele não serve como prova nos processos, porque não calcula exatamente quanto o motorista bebeu. Por isso, quando uma das luzes aponta presença de álcool, o motorista é convidado a sair do carro e fazer o teste tradicional.

Lei Seca – As operações da Lei Seca têm como alvo o condutor que apresentar índice a partir de 0,05mg de álcool por litro de ar, durante o teste. Ele será punido com multa no valor de R$ 2.934,70, recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e suspensão do direito de dirigir por até 12 meses. O veículo ficará retido até que um condutor capacitado apareça para retirá-lo.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close