Deputada Rebecca Garcia propõe ações com o judiciário em defesa dos direitos das mulheres

Desembargadora Graça Figueiredo, deputada Rebecca Garcia e advogada Márcia Álamo2

A deputada federal Rebecca Garcia (PP/AM) se reuniu, ontem dia (15), com a presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargadora Graça Figueiredo, para propor a construção de uma agenda positiva da ONG Maria Bonita, em parceria com o judiciário, realizando ações em defesa dos direitos das mulheres amazonenses. Rebecca estava acompanhada da diretora da ONG, a advogada Márcia Álamo.

Entre as propostas, vale destaque a realização de um encontro estadual que, entre outros assuntos, visa encontrar mecanismos para diminuir no Amazonas os índices de violência doméstica, estupros e casos da Lei Maria da Penha. Também pretende debater soluções para aumentar o alcance dos serviços do judiciário, no interior do Estado, voltados às mulheres.
“Apesar de termos duas Varas Especializadas em Crimes contra a Mulher, vem aumentando substancialmente os atos de violência nesse sentido. A nossa proposta é garantir mecanismos de prevenção a esses crimes. Por isso, queremos construir uma agenda positiva junto com o judiciário voltada exclusivamente para a defesa dos direitos das mulheres. O encontro estadual deverá debater com os juízes da capital e do interior a aplicação da Lei Maria da Penha e os serviços de prestação jurisdicional”, comentou Rebecca Garcia.

A deputada afirmou que, quando terminar seu mandato de parlamentar, em 2015, intensificará as ações da ONG Maria Bonita, que foi criada por ela há mais de 12 anos e desenvolve uma série de atividades voltadas para as mulheres amazonenses. Segundo Rebecca, a ONG promoverá diversas ações e eventos em parceria com o TJAM e órgãos ligados ao assunto.

“A desembargadora Graça Figueiredo nos recebeu muito bem e sinalizou de forma positiva para firmar a nossa parceria. Vamos trabalhar em cima desse tema. Porque, não podemos nos calar com o descaso que vem acontecendo no nosso Estado. Infelizmente estamos regredindo em relação aos serviços e isso tem gerado o aumento de estupros e dos índices de violência contra as mulheres”, disse a parlamentar.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close