Defesa Civil cadastra mais de 2 mil famílias afetadas pela cheia em Manaus

Igrejas e escolas foram inundadas pelas águas. (Foto: Divulgação/Defesa Civil)
Igrejas e escolas foram inundadas pelas águas. (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

Mais de 2,2 mil famílias afetadas pela cheia do rio Negro em 11 bairros das zonas Leste, Sul e Oeste da capital foram cadastradas pela Defesa Civil de Manaus e Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh). O cadastro possibilitará a análise socioeconômica da Semasdh para que seja feita a entrega de benefícios como o Aluguel Social, cestas básicas, água potável e colchões.

O trabalho das equipes começou no dia 26 de maio, pelo bairro de São Jorge, onde foram cadastradas 506 famílias; passando para o Educandos, onde foram incluídas 741; Raiz, onde foram cadastradas 327; Betânia, com 174; Glória, com mais 128; Aparecida, 52; Centro, 16; Mauazinho, 93; Tarumã 09; Cachoeirinha 07; além da comunidade Bairro do Céu 153. Nessa terça-feira, dia 03, o trabalho começou no bairro de Presidente Vargas.

De acordo com a assessoria, a assistência às famílias também está ocorrendo nas áreas ribeirinhas. As equipes estão seguindo para comunidades do Rio Amazonas, onde, no fim de semana, foi realizado um levantamento para verificar quantas famílias foram afetadas pela cheia.

Nas comunidades Nova Cesareia, Nossa Senhora do Carmo, Nova Canaã, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Santa Rosa 1, Bom Sucesso, São Pedro, Assentamento Nazaré, São Raimundo, São Francisco do Tabocal, União e Progresso e Nossa Senhora da Conceição do Jatuarana, a maioria das áreas alagadas já possui marombas.

Segundo informações da Defesa Civil, há famílias que mudaram para a terra firme enquanto o rio não baixa. Em outros casos, foi identificada, também, a necessidade de doação de cestas básicas e água potável para 188 famílias, já que nesses locais a comunidade depende das plantações que ficaram submersas.

De acordo com o cronograma de ações, a assistência também será estendida para as comunidades do rio Negro. O levantamento será realizado na quinta-feira (5).

Mais de duas mil famílias já foram cadastradas pela Defesa Civil. (Foto: Divulgação/Defesa Civil)
Mais de duas mil famílias já foram cadastradas pela Defesa Civil. (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

 

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close