De acordo com relatos dos funcionários da drograria, outros clientes já sofreram com o mesmo golpe.

Nesta terça-feira (20/07), atletas do futebol amazonense estiveram presentes na cerimônia de entrega do patrocínio no valor de R$ 2,5 milhões, repassado pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), aos times profissionais masculino e feminino. A verba é um socorro financeiro aos clubes diretamente atingidos pela pandemia.

“Agradecemos muito essa ajuda do Governo, todos nós estávamos precisando, não só o futebol feminino, mas também o masculino. A gente torce muito para que os times daqui, do Amazonas, possam crescer cada vez mais”, destacou a meia-atacante do JC Futebol Clube, Marta Menezes, que disputou o Brasileirão Série A2.

No Salão Bossa Nova, na Arena da Amazônia, o governador Wilson Lima e o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira, entregaram o patrocínio à Federação Amazonense de Futebol (FAF), responsável por repassar o pagamento aos 10 clubes que jogaram o Campeonato Amazonense Série A 2021 e o Campeonato Brasileiro Série A2 Feminino, além das equipes masculinas que disputam o Brasileirão Séries C e D.

“Há dois meses anunciamos o patrocínio para os clubes de futebol profissional do Amazonas, e com menos de 60 dias estamos cumprindo aquilo que foi prometido pelo governador Wilson Lima. Seguimos trabalhando para que o alto rendimento seja praticado da melhor forma, pois quando o atleta sabe que o seu sustento está garantido, ele rende mais nas quatro linhas”, afirmou o diretor-presidente da Faar.

Nove clubes receberão R$ 100 mil pela participação no Barezão Série A 2021 masculino; R$ 75 mil vão para os dois times amazonenses que estão no Brasileiro Série D; R$ 200 mil ao clube participante do Brasileiro Série C, além do patrocínio de R$ 135 mil, cada, aos dois clubes participantes do Campeonato Brasileiro Série A2 Feminino.

O patrocínio do Governo do Amazonas engloba, ainda, o valor de R$ 280 mil para a operacionalização do Campeonato Amazonense 2021 (masculino); e à FAF no valor de R$ 700 mil, pela operacionalização e coordenação dos jogos.

“A gente sabe da dificuldade que é o esporte no Amazonas. Então, quando o Governo se move para ajudar é de extrema importância. Parabéns ao Governo do Estado, à Faar e a todos os envolvidos que ajudam o futebol e também a ‘criançada’ envolvida no esporte”, celebra o meia-atacante Marcelinho, que disputou a Série C do Brasileirão pelo Manaus.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close