David Reis aguarda parecer da CCJR a projeto que garante passe livre a doadores de sangue

A possibilidade de conceder gratuidade no serviço de transporte público coletivo aos doadores de sangue e medula óssea, está sendo discutida na Câmara Municipal de Manaus. A proposta é do presidente do Parlamento Municipal, vereador David Reis (Avante), que apresentou em 2021 um Projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município (Loman), propondo o passe livre para quem fizer a doação.

Segundo David Reis, a ideia é sensibilizar as pessoas e estimular a doação, a fim de contribuir para fortalecer o banco de sangue. “Temos a possibilidade, de contribuir com essa causa, infelizmente os estoques ficam baixos em boa parte do ano, e muitas das vezes o cidadão até quer doar, mas não tem como se deslocar”, disse.

No primeiro semestre de 2021, o Hemoam registrou uma severa queda no estoque de sangue de 70%, por conta da pandemia da covid-19, registrando baixa principalmente nos fatores A+, O+ e O-, e na opinião de Silvana Reis, presidente do Grupo Super Doadoras de Sangue, que promove campanhas que estimulam a doação durante o ano, a ideia é um reforço para evitar que situações como esta voltem a acontecer.

“O que nós vemos é uma mudança, as pessoas estão mais sensíveis a causa, mas precisamos de tudo o que é possível para contribuir com esse ato, que é de amor para com o próximo”, afirmou Silvana Reis.

O projeto está sob analise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação e deve ser votado ainda no primeiro semestre desse ano.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close