David Almeida anuncia implantação de ponto eletrônico com reconhecimento facial nas estruturas da Prefeitura de Manaus

Durante o lançamento do programa “Asfalta Manaus”, realizado nesta quinta-feira, 28/4, o prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou que irá aumentar o rigor na fiscalização dos serviços oferecidos pela gestão municipal. A primeira medida será a implantação, no decorrer dos próximos meses, do ponto eletrônico com reconhecimento facial em todas as estruturas municipais.

“Tem um ditado que diz: ‘o comandante inspira a tropa’. Se o prefeito trabalha, se o secretário trabalha, os servidores têm que trabalhar. Nos próximos meses, nós vamos instituir o ponto eletrônico com reconhecimento facial em todas as estruturas da Prefeitura de Manaus. Eu não vou permitir que alguém que conhece uma autoridade ou é amigo de alguém, possa ficar dentro de casa. E nós sabemos que isso existe dentro do serviço público”, enfatizou Almeida.

O chefe do Executivo municipal justificou a decisão pela necessidade de intensificar e qualificar o trabalho oferecido pela gestão. Já a partir da segunda-feira, 2/5, mais de 30 frentes de trabalho irão entrar nas ruas, vielas e avenidas de Manaus para recuperar mais de 10 mil ruas pela cidade.

Já para qualificar o transporte público, está programada a chegada, até o meio deste ano, de cem novos ônibus com condicionador de ar e veículos elétricos.

Antônio Pereira/Semcom

Outra mudança apontada pelo gestor foi que estão canceladas as disposições de servidores para outros órgãos públicos. Vale ressaltar que, de acordo com números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no início de 2021, primeiro ano da atual gestão, quase 2.800 servidores estavam afastados de seus postos.

“Tivemos muitas dificuldades na pandemia, porque só na Semsa, tinham 2.798 servidores à disposição, afastados ou com atestados médicos. Fizemos uma força-tarefa, trouxemos quase todos de volta à secretaria e transformamos, em um ano, sem contratar ninguém, a Atenção Básica de Manaus. Saímos de uma das piores do Brasil para a melhor. Vamos fazer isso com o restante da nossa administração. Por isso, não me peçam servidores concursados efetivos para ficarem à disposição de órgão A, B, C ou qualquer estrutura”, afirmou o prefeito.

Outra pasta citada por David Almeida foi a Secretaria Municipal de Educação, onde 17% dos atuais servidores estão cedidos para diversos órgãos. De acordo com o prefeito, todos serão retornar à prefeitura nos próximos meses.

“Servidor público tem que prestar o serviço à população. Estão abolidas as disposições na Prefeitura de Manaus. Só na Secretaria de Educação, 17% do efetivo estão à disposição. Vão retornar todos para trabalhar para transformar Manaus na cidade com a melhor educação do Brasil. Vamos trabalhar para melhorar os serviços públicos de Manaus. É isso que o povo quer, é isso que o povo pede da gente”, afirmou David Almeida.

Related Articles

Check Also

Close
Close