“Corpo em Voga Live” realiza bate-papo sobre xamanismo e performance-art nesta sexta-feira

Corpo, xamanismo e performance-art serão debatidos em uma roda de conversa no “Corpo em Voga Live”, evento gratuito realizado nesta sexta-feira (10/7), às 19h, por meio do Sympla Streaming. A transmissão contará com a participação do antropólogo e diretor de teatro Luiz Davi, o praticante de medicina indígena Chris TK (Txanã Bake) e a pesquisadora, professora e bailarina Raíssa Costa. Para se inscrever, basta acessar este link (bit.ly/corpoemvoga).

 O bate-papo, que tem o apoio do Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, visa ao empoderamento dos povos tradicionais da Amazônia, de acordo com um dos diretores do evento, o bailarino Rodrigo Vieira.

 “A ideia é mostrar ao povo nortista o quanto temos a aprender com a cultura indígena, pois temos consumido uma consciência de classes e de vivências que não tem nada a ver com a história do nosso estado. A conversa será mediada pela professora Raíssa, Luiz Davi e Chris TK, que é neto de Hunikuin (Kaxinawa) do Alto Juruá. Eles falarão sobre como a cultura dos nossos povos atravessam suas pesquisas e trajetórias”, ressalta.  

Após o bate-papo, os DJs Melka e Mermaid participarão da live para uma apresentação. “Queremos também oferecer algum entretenimento para o público que estiver nos assistindo nesta sexta-feira se divertir com a família”, destaca Vieira.

 Ainda segundo o bailarino, esta é a segunda etapa do projeto “Corpo em Voga”, que ainda oferecerá oficinas gratuitas para o público. “Estamos com uma parceria com o Corpo de Dança do Amazonas para usar a inscrição da companhia na plataforma Zoom e realizarmos as oficinas para o público. Em breve, vamos anunciar as datas e os oficineiros”, informa.

 Corpo em Voga – Contemplado pelo edital Conexões Culturais 2018, da Prefeitura de Manaus, e contando com o apoio do Governo do Amazonas, o projeto realizado pelo coletivo Cabeças Oca é voltado ao incentivo às expressões artísticas e traz a proposta de repensar questões sobre segregação artística regional, nacional e internacional. É aberto a estudantes, pesquisadores de artes cênicas, além de outras áreas da cultura, tais como fotografia, artes visuais e, também, a quem possua relação e noções de pesquisas corporais. Mais informações podem ser encontradas no Instagram do projeto (@corpoemvoga). 

Como assistir?  Após a inscrição, é preciso baixar o aplicativo Zoom no computador ou celular. Próximo ao horário da transmissão, acesse o Sympla pelo celular ou computador e faça o login ou acesse através do e-mail recebido na inscrição. Clique no botão “Meus Ingressos” e procure o evento. Em seguida, clique no botão “Acessar transmissão” e você será redirecionado ao aplicativo Zoom para assistir à live.

Close