Chico Preto aponta falta de políticas públicas para o setor primário

Deputado declarou que, em reunião na Federação da Agricultura, muitas foram as queixas dos produtores
Deputado declarou que, em reunião na Federação da Agricultura, muitas foram as queixas dos produtores

O deputado estadual Marco Antonio Chico Preto (PMN) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), no Pequeno Expediente desta quarta-feira (11), para criticar o que ele classifica como falta de compromisso do Poder Público Estadual com o setor primário.

Segundo o deputado, em reunião realizada na última terça-feira (10) na sede da Federação da Agricultura, muitas foram as queixas dos produtores. “As lideranças do setor primário do Amazonas se queixam de falta de políticas públicas consistentes para o setor primário, existem, inclusive leis que foram aprovadas por nós aqui, nesta Assembleia, e que não foram implementados, como a Lei do Insumo, que visa criar mais condições de trabalho para homens e empresas ligadas ao setor primário. Em suma, a política pública nunca saiu do papel”, resumiu.

O deputado acrescentou que nos últimos quatro anos não houve políticas consistentes que pudessem ser reconhecidas pelas lideranças. “O setor primário não pode começar apenas de quatro em quatro anos, quando o Governo muda. O setor primário precisa de previsibilidade, de um plano permanente de programação de investimentos”, afirmou, lembrando que é impossível desenvolver o setor com o orçamento atual, de menos de 1%.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close