Chega a Manaus o Avião com corpo de amazonense assassinado na Venezuela

Por volta da 19h50, desta segunda-feira( 15/1) o corpo do amazonense Amaury Castro da Silva, 47, que desembarcou no terminal 2 do aeroporto Eduardo Gomes, o “Eduardinho”, na aguardavam a chegada do corpo e recepcionaram a esposa e os filhos de Amaury. O Corpo de Bombeiro fez uma  homenagem despejando água sobre o avião da Força Aérea Brasileira. (FAB)

Após a aterrissagem, familiares foram tentar prestar apoio à esposa de Amaury, Bárbara Silva, e os filhos de 16 e 19 anos que estavam na viagem, mas eles não saíram pelo saguão e deixaram o aeroporto em uma van da Rico Linhas Aéreas.

O corpo seguirá para a funerária Almir Neves, na rua Monsenhor Coutinho, no Centro de Manaus, para que os procedimentos de embalsamento iniciem.

O horário do velório não foi informado.

Amaury viajava com cerca de 20 pessoas, entre familiares e amigos, em um comboio de nove veículos com destino à Ilha de Margarita quando foi assassinado.

Amaury morreu nos braços do filho de 16 anos, no último sábado (13), após ser vítima de latrocínio em uma emboscada nas proximidades da cidade de Puerto Ordaz. Ele estava de férias com a família e recebeu um tiro no coração durante o crime.

No sábado (13), um comboio com sete carros de turistas foi atacado por ladrões em uma rodovia venezuelana. Amaury, a esposa, um filho de 16 anos e outra de 19 foram os únicos do comboio que tiveram os pertences roubados.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close