Carros-pipa vão atender bairros afetados com falta d’água após acidente na adutora

Choque de balsa com ponte da proama deixa bairros da zona Leste e Norte sem água (foto: divulgação)
Choque de balsa com ponte da proama deixa bairros da zona Leste e Norte sem água (foto: divulgação)

A Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) e a Manaus Ambiental  implantaram medidas emergenciais de abastecimento d’água para atender a demanda da população afetada pelo acidente registrado na adutora do Programa Água para Manaus (Proama) na última terça-feira (24). O abastecimento realizado por carros-pipa estão entre as medidas para atender as áreas atingidas. Um engenheiro visitou a estação nesta quarta-feira (25), para fazer um estudo sobre a situação. O resultado será apresentado ainda nesta semana.

O acidente aconteceu quando um rebocador bateu em uma das pilastras da ponte que sustenta uma adutora do Proama, localizada no Complexo de Produção de Água Ponta das Lajes, no Distrito Industrial 2, zona Leste de Manaus. O acidente gerou a interrupção no fornecimento de água em mais de 30 bairros localizados nas zonas Leste e Norte.

Segundo a Manaus Ambiental, uma equipe técnica da concessionária traçou um plano de ações para tentar minimizar o problema. Dos 29 poços previstos para reativação 12 já foram interligados. Além disso, as manobras das Estações de Tratamento (ETAs 1 e 2) localizadas no Complexo de Produção da Ponta do Ismael, Compensa, Zona Oeste, foram desfeitas e ampliadas para atenderem parte das Zonas Leste e Norte.

Ainda segundo a empresa, houve o aumento de vazão em duas estações (1 a 2) em mais de 500 litros d’água por segundo. Quatro carros pipas foram locados para atender as áreas atingidas, além de rodízio de abastecimento nos Macros Setores Hidráulicos: Cidade de Deus e Mutirão. O reservatório do São José foi instalado.

 

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close