Bombeiros montam Plano de Operações para o Festival Folclórico de Parintins

FOTO - DIVULGAÇÃO

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) montou um Plano de Operações Especial para o 49º Festival Folclórico de Parintins, que inclui prevenção em pontos estratégicos como o Centro de Convenções (Bumbódromo), o Aeroporto Júlio Belém e demais áreas urbanas e aquáticas da cidade. Neste ano, além do apoio operacional via terrestre e aquática, a corporação contará com o helicóptero multimissão do CBMAM para busca, resgate e salvamento de vítimas em situações de extrema emergência.

“As prevenções foram planejadas para que possamos garantir a proteção e segurança de todos os brincantes das duas agremiações e ao público presente. Neste ano, teremos o reforço na prevenção e no socorro, com o helicóptero multimissão, que será utilizado para o transporte aéreo de vítimas em estado grave, caso haja”, afirmou o comandante do CBMAM, coronel Roberto Rocha.

Serão disponibilizados ao todo 162 bombeiros e 23 viaturas, entre carros de combate a incêndio, motocicletas, lanchas, carro-pipa e de Defesa Civil, que atuarão a partir desta segunda-feira, 23 de junho, até o dia 5 de julho.

Em Parintins, as equipes do Corpo de Bombeiros estarão aptas a realizar ações de salvamento, resgate e remoção de pessoas, atendimento de vítimas de acidentes de trânsito, ocorrências na orla fluvial, prevenção e combate a incêndios em aeronaves, atendimento pré-hospitalar e vistoria técnica em edificações.

Na área do Bumbódromo, por exemplo, os militares serão divididos em setores, garantindo a cobertura preventiva na área interna, (torcidas de Garantido e Caprichoso, autoridades civis e militares, convidados e sala de imprensa). Na área externa e adjacências, a cobertura será para atender o público em circulação e as novas instalações físicas do Complexo Cultural.

Hipóteses para atuação – O CBMAM avaliou como variáveis passivas de atuação os princípios de incêndio no interior do Centro Cultural, camarins, camarotes e áreas destinadas à queima de fogos de artifícios; controle de pânico; tumulto generalizado, evacuação de vítimas de mal súbito (vertigem ou desmaio); quedas de pessoas em alegorias, incêndios e naufrágios de embarcações na orla fluvial de Parintins, afogamentos, acidentes de trânsito, aeronáuticos, entre outras situações.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close