Balcão de Agronegócios da ADS já intermediou mais de R$ 1 milhão em produtos regionais para supermercados de Manaus

Durante a pandemia, os programas da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) continuam funcionando para minimizar o impacto econômico dos agricultores locais e garantir alimento seguro na mesa dos amazonenses. O Balcão de Agronegócios intermediou, de janeiro até a primeira quinzena de abril, um total de R$ 1.062.314,00 em produtos regionais que tiveram como destino grandes mercados da capital e agroindústrias.
 
O gerente do programa, Mário Moura, explica que a Agência possui um amplo cadastro de produtores rurais que encontram na ADS o caminho mais rápido para colocar seus alimentos nas prateleiras dos grandes supermercados.
FOTOS: Bruno Zanardo

“Mesmo com esse período difícil, o Balcão de Agronegócios continua em operação. Até o mês de abril, já intermediamos a venda de 802 toneladas de produtos regionais oriundos de 12 municípios. A procura maior tem sido por açaí e banana pacovã”, comentou.

 
Entre os produtos comercializados neste período, estão: pimenta de cheiro, jerimum, abacaxi, polpa de graviola, polpa de cupuaçú, couve, banana, coco verde, mamão, macaxeira, laranja, pepino, abobrinha, melancia, açaí, repolho, pimenta murupi, maracujá e castanha desidratada.
 
Os alimentos fornecidos são produzidos por agricultores amazonenses dos municípios de Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Rio Preto da Eva, Iranduba, Parintins, Anamã, Manicoré, Manacapuru, Manaquiri, Coari, Itacoatiara e Beruri.
 
Parceiros – Os produtos regionais podem ser encontrados em grandes supermercados da capital como o Nova Era e o Big Amigão. Os produtos in natura também são comercializados para agroindústrias de processamento de polpas.
Close