Assembleia Legislativa decide suspender recesso e manter trabalhos até dezembro

‘Vamos trabalhar até dezembro sem recesso’, diz Josué, presidente da Aleam

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) decidiu, nesta terça-feira (7), durante a primeira Sessão Híbrida do Parlamento, suspender o recesso parlamentar de 15 dias. Foram 14 votos à favor da continuidade dos trabalhos contra sete votos pela manutenção do recesso legislativo.

Para o presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PRTB), a suspensão vai permitir a continuidade dos trabalhos legislativos e a análise de propostas importantes neste momento de dificuldade que o Estado está atravessando. “Nós, deputados e deputadas não poderíamos abandonar a população do Amazonas neste momento em que ainda enfrentamos os efeitos da pandemia ”, disse.

Os trabalhos e os temas que estão sendo debatidos na Casa neste período são apontados por alguns deputados que como a principal motivação para suspender o recesso. Entre eles as oitivas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde e os debates das propostas que envolvem a abertura do mercado do gás no Amazonas.

A votação é resultado de um requerimento dos deputados João Luiz (Republicanos), Belarmino Lins (PP) e Joana Darc (PL), que pediram a continuidade dos trabalhos durante o recesso parlamentar que aconteceria neste mês de julho.

Ao anunciar o resultado da votação, Josué disse que o Poder Legislativo “vai trabalhar até dezembro sem o recesso”.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close