Artur Neto participa de lançamento do livro em homenagem ao pai na Ufam

_MG_0564

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, participou, na noite de sexta-feira(19), na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), do lançamento do livro ‘Senador Arthur Virgílio Filho: Um visionário’. O lançamento faz parte das comemorações do centenário de coleção de grau da primeira turma do curso de direto da Ufam. Esta é a segunda obra em homenagem ao pai do prefeito lançada neste ano. A primeira aconteceu no Senado Federal, no primeiro semestre de 2014.

A obra, coordenada pelos ex-diretores da faculdade de Direito da Ufam, Clynio de Araújo e José Russo, reúne depoimentos de grandes personalidades amazonenses, como Arlindo Porto, Etelvina Garcia, dentre outros. Ainda reconta a trajetória do senador Arthur Virgílio Filho e também traz trechos escritos por Arthur Virgílio Neto e pelo deputado federal eleito Arthur Virgílio Bisneto.

A homenagem é feita exatamente no ano em que a universidade celebra os 100 anos da colação de grau da primeira turma do curso de direito. De acordo com Clynio de Araújo, o livro é um forma de homenagear o homem que empresta o nome ao Campus Universitário e, também, o responsável pela consolidação da Universidade, no Amazonas.

“O livro é despretensioso e memorialista, que registra, por meio de pessoas que o conheceram, a grandeza da sua obra, o espírito visionário do senador que nos legou esta universidade, o grande veículo de inclusão social das classes menos favorecidas. É muito mais que uma justa homenagem. Nós a fazemos com respeito para que as futuras gerações possam saber quem foi o homem que nos doou seu nome para o Campus da Ufam”, afirmou.

Emocionado, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, acompanhou os discursos que relembraram a trajetória de seu pai, dentre eles o proferido pelo ex-senador Almino Afonso. Quando subiu ao palco,  agradeceu a homenagem e destacou o empenho do pai em consolidar a universidade no Amazonas.

Este livro vai me trazer grandes recordações. Vou ler até o final, porque traz muito do que meu pai viveu. Agradeço imensamente a homenagem. Foi ele que propôs a formatação atual da Universidade Federal do Amazonas. Antes, herança de Eulálio Chaves, havia somente os cursos de direito e economia. Depois se expandiu a ponto de ser o que é hoje e meu pai lutou muito por isto. Almino e eu também fizemos nossa parte e, por tudo isso, tenho muito orgulho do meu pai”, declarou.

_MG_0416

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close