Arthur Neto destaca ações do Executivo Municipal para enfrentar crise econômica e fazer investimentos na cidade

 

Adequação da Bola da Suframa, alargamento das avenidas André Araújo e Paraíba — no trecho entre a rua Belém e o Fórum Henoch Reis —, assim como revitalização do canteiro central e praça da avenida Rodrigo Otávio estão entre as obras na área de transporte e trânsito anunciadas, na manhã desta segunda-feira (9), pelo prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), em sua Mensagem Anual, por ocasião da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

CMM - ABERTURA DOS TRABALHOS_TIAGO CORREA (5)

Durante a sessão, sob o comando do presidente Wilker Barreto (PHS), o prefeito falou em tom brando e suave, utilizado intencionalmente, como fez questão de deixar claro, para estabelecer o clima de energia positiva no início do ano legislativo e do exercício financeiro, recarregando as forças para enfrentar os desafios que se desenham no país. E focou suas palavras na austeridade administrativa que irá implementar este ano para enfrentar a crise econômica em que vive o país e fazer os investimentos necessários para o crescimento da cidade.

De acordo com ele, deverão ser extintos 300 cargos comissionados com a reforma administrativa, gerando uma economia de R$ 10 milhões por ano aos cofres públicos. “Estamos extinguindo secretarias, juntando secretarias, transformando outras em subsecretarias”, disse ele, ao explicar que, com a segunda parte da reforma administrativa, a ser concluída depois do dia 12, quer deixar a máquina pública municipal com apenas 19 secretarias, das 25 criadas em 2013.

São essas medidas que vão dar fôlego na administração para os investimentos, entre eles a reforma de 20 terminais de bairros, da reforma de 50 abrigos, ampliação do terminal 2, na Cachoeirinha, e a revitalização e adequação do terminal 1, da avenida Constantino Nery, além do início da construção do T6, nas proximidades do bairro Colônia Terra Nova, na zona Norte.

Ainda com relação à mobilidade urbana, o prefeito anunciou a conclusão da implantação da Ciclovia Boulevard Álvaro Maia/Ponta Negra e iniciará a implantação de outra, que vai da Bola do Mindu até à avenida das Torres, fora a Ciclovia do Alphaville, cujo projeto será concluído em 2015.

Na ocasião, o prefeito fez um balanço de sua administração e agradeceu ao ex-governador Omar Aziz (PSD) e ao governador José Melo (Pros) pela parceria, destacando, especialmente, o apoio de Omar Aziz para levar a água, por meio do Proama (Programa Águas para Manaus), a mais de 518 mil moradores das zonas Norte e Leste da cidade.

Listou os trabalhos realizados nas áreas de Educação e Saúde, como por exemplo o concurso público para 1.145 aprovados e o crescimento do orçamento destinado à Educação que passou para R$ 1,1 bilhão em 2015, o que representa 28% do orçamento total do município. Na área de Saúde, o destaque foi à ampliação à atenção básica para mais de 52%. “Hoje 1 milhão de pessoas em Manaus tem acesso a médicos, exames e outros serviços. E queremos chegar em 2016 a 70% de cobertura”, afirmou.

CMM - ARTHUR NETO_ROBERVALDO ROCHA

Na Leitura da Mensagem, que durou pouco mais de 1 hora e meia, o chefe do Executivo Municipal também citou obras importantes que contemplam a conclusão do Shopping Popular T4, na Zona Leste, e a segunda e terceira etapas da Galeria dos Remédios, além da requalificação da avenida Eduardo Ribeiro e a construção do Parque São José Operário, além da revitalização do Passeio do Mindu.

Arthur também destacou obras importantes a serem realizadas em parceria com o Governo Federal, como o PAC Cidades Históricas, já iniciado, a revitalização da Manaus Moderna, a construção de novas creches e das quadras cobertas, além de reforma e a construção de UBSs. Ao falar sobre o PAC Cidades Históricas, o prefeito agradeceu à presidente Dilma Roussef (PT), mas cobrou o mesmo tratamento para com outros projetos de interesse da cidade de Manaus.

O prefeito de Manaus se mostrou otimista quanto à Manaus sediar os jogos de futebol feminino e masculino das Olimpíadas Rio 2016. A cidade se credencia a uma das vagas para sediar esses jogos, tendo como respaldo o êxito obtido na Copa do Mundo de Futebol de 2014, onde todos os esforços foram compensadores, com Manaus se destacando entre as cidades-sede, com vários elogios nas mídias nacional e internacional.

Ao final de sua mensagem, Arthur agradeceu aos vereadores de Manaus, representantes do povo, “que desempenham mandatos úteis, construtivos, valiosos para a cidade de Manaus que ainda haverá de reconhecer o mérito de vereadores e vereadoras que têm ajudado, em muito, transformá-la para melhor”.

Crise econômica e BRT

Apesar da crise econômica, da situação grave que vive o país, o prefeito disse que a cidade vai continuar crescendo. Segundo Arthur, a Prefeitura deve concluir até abril o Plano de Mobilidade Urbana a ser apresentado ao governo federal, mas sua preocupação, como afirmou, vai além do plano. “Precisamos de financiamento do governo federal de verdade. Quando dizem que jogaram milhões na cidade de Manaus não é verdade. Não tenho R$ 1 para fazer o BRT. Vamos ter que ir, eu e o Melo (governador José Melo) à presidente. Estamos de frente na luta. Ele tem que ser feito com recursos federais e é dinheiro emprestado, temos capacidade de contratar empréstimos, que tem que vir do governo federal”, afirmou.

De acordo com o prefeito, é possível melhorar vias, fazer corredores viários, mas isso não é o suficiente para melhorar a mobilidade urbana, o transporte e trânsito na cidade, além da drenagem, problema que “está explodindo a cada momento”. “Estamos pedindo recursos internacionais, mas depende de permissão do Tesouro Nacional, da Casa Civil e Senado”, disse.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close