AMPA e INPA lançam campanha ‘Alerta Vermelho’ para combater a caça de botos na Amazônia

Boto-vermelho é um dos símbolos da Amazônia (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)

A Associação Amigos do Peixe-boi (Ampa) e o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) lançaram a campanha “Alerta Vermelho” para combater a caça de boto-vermelho na Amazônia. A carne do mamífero é utilizada como isca para a captura do peixe piracatinga. Estima-se que cerca de 2.500 botos são mortos todos os anos em decorrência da atividade de pesca no Amazonas.

Além de buscar assinaturas online, o movimento está recebendo doações, em dinheiro. O valor arrecadado deverá ser investido em ações de fiscalização. A ação também busca mover as instituições locais para coibir e monitorar a matança indiscriminada dos botos.

Estima-se que quase dois mil e 500 botos são mortos todos os anos em decorrência da atividade de pesca no Amazonas. De acordo com os institutos, a campanha busca mobilizar a sociedade por meio da internet.

Segundo o diretor-executivo da Ampa, Jone César Silva, aproximadamente 7,5% da população de boto-vermelho, também conhecido como boto-cor-de-rosa, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, no Amazonas, é perdida anualmente.

O boto-vermelho é utilizado como isca na pesca de um peixe chamado piracatinga, que no Brasil é comercializado como “douradinha”. A espécie de pescado se alimenta de carniça e gordura.

 

 

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close