Amazonas atinge meta de diagnóstico de sarampo em tempo oportuno e avança acima da média nacional

Diagnóstico laboratorial é realizado pelo Lacen-AM, do Governo do Estado, na rede pública de saúde

O Amazonas alcançou a meta de liberação oportuna de resultados para o diagnóstico laboratorial de sarampo na rede de saúde pública, emitindo 95,83% dos resultados em tempo oportuno, conforme avaliação do Ministério da Saúde. O Estado ultrapassou a média nacional, que foi de 88,64%.

Os dados são referentes a exames de sorologia (pesquisa de anticorpos IgM e IgG) realizados em 2021 na rede de saúde pública do Estado, por meio do Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM), coordenado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

De acordo com a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, a emissão de resultado de sorologia em tempo oportuno é fundamental para o monitoramento dos casos suspeitos e da circulação viral. “A Vigilância Laboratorial do sarampo no Amazonas, realizada conforme o plano de ação do Ministério da Saúde, é fundamental para o alcance da recertificação de eliminação do sarampo no Brasil”, afirma.

A velocidade com que os diagnósticos são emitidos impacta diretamente na saúde pública.

“Os resultados dos exames de sorologia para diagnóstico de sarampo processados no Lacen-AM são emitidos em até quatro dias, o que traz celeridade para o tratamento do paciente, permitindo a investigação epidemiológica e o bloqueio vacinal dos contatos”, enfatiza a gerente de virologia e bacteriologia do Lacen-AM, farmacêutica bioquímica e epidemiologista Auxiliadora Novaes.

Diagnóstico laboratorial – Um dos exames de diagnóstico laboratorial de sarampo é a Sorologia Elisa IgM/IgG (exame de referência padrão para o diagnóstico), em que é coletado sangue do paciente suspeito da doença nas unidades de saúde e encaminhado ao laboratório.

Atualmente, esse é o método mais utilizado para diagnóstico de sarampo, por meio da pesquisa de anticorpos.

Além do diagnóstico laboratorial do sarampo por meio da sorologia, o Lacen-AM realiza o diagnóstico diferencial para outros agravos de doenças exantemáticas, sendo um dos poucos no Brasil a realizar também a detecção viral por meio da técnica de RT-PCR em tempo real (biologia molecular), implantada em outubro de 2020 após capacitação recebida no Laboratório de Referência Nacional do Sarampo na Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro. (Fiocruz-RJ).

Referência – A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado, o que inclui a Vigilância Laboratorial realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM) que coordena os procedimentos de diagnóstico.

A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

Related Articles

Check Also

Close
Close