Alessandra Campêlo apela para que Aleam destranque a pauta e vote PL dos 20% de insalubridade dos profissionais da saúde

A Deputada Alessandra Campêlo mais uma vez foi até a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas- ALEAM , para cobrar a votação do Projeto de Lei que beneficia os trabalhadores da área da saúde com 20% de adicional de insalubridade devido a pandemia do Coronavírus.
Alessandra fez um apelo a casa para que este PL fosse votado e , asseverou que o maior empecilho para isso , estava no fato da pauta da Aleam está trancada devido a outro projeto de Lei , conhecido como Lei do Gás que, por não resolução do mesmo , está obstruindo as votações da casa.
Durante seu discurso a Deputada Alesandra desabafou em relação a este descaso da casa legislativa com o profissionais da saúde :

“Hoje, fui novamente à tribuna para pedir o destrancamento da pauta de votação da Casa para a apreciação de projetos em tramitação. Entre eles, está o PL que garante 20% de insalubridade sobre o salário-base de servidores da área da Saúde e Segurança Pública que estão atuando na linha de frente do combate ao novo coronavírus durante o período entre o início da pandemia e o retorno às atividades, no dia 20 de julho.

O porcentual será calculado sobre o valor do salário-base desses profissionais, parcelado em 12 meses.

Essa não é a primeira vez que peço o destrancamento da pauta. Na última semana, discursei, também na tribuna, sobre a urgência de dar andamento à deliberação de projetos que já tramitam na Aleam.

Esse porcentual é muito importante para esses trabalhadores, de quem tenho recebido o apelo para que seja votado com urgência. É uma forma de reconhecermos o trabalho e a dedicação desses profissionais que durante a pandemia que estamos vivendo, arriscaram suas vidas para proteger e salvar as nossas”.

Close