A Prefeitura de Manaus vai distribuir 50 toneladas de peixe durante a Semana Santa, beneficiando 30 mil famílias

A Prefeitura de Manaus vai distribuir 50 toneladas de peixe durante a Semana Santa, de 31 de abril a 2 de maio, beneficiando 30 mil famílias em todas as zonas da cidade. Uma megaestrutura, envolvendo nove secretarias, 200 servidores, 100 voluntários, nove carros frigoríficos e 18 pontos de distribuição e cadastros foi montada para garantir que o pescado chegue às famílias mais carentes.

Foto:portaldoamazonas.com
Foto:portaldoamazonas.com

“Queremos garantir que a população consuma pescado da região, que mantenha a tradição de consumir peixe na Semana Santa e, além disso, garantir que as famílias mais necessitadas tenham o acesso a esse alimento, nesse período”, afirmou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, durante entrevista coletiva em que foi anunciado o esquema de distribuição.
As famílias beneficiadas são, prioritariamente, as que já estão cadastradas nos Centros de Referência em Assistência Social. As pessoas interessadas, que tenham Número de Identificação Social (NIS), devem procurar os Cras para se cadastrar para o recebimento do pescado. Os pedidos serão submetidos à análise dos técnicos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh).
A distribuição do peixe ocorrerá nos dias 31 de março, 1º e 02 abril. A cada dia, seis pontos de distribuição serão atendidos – ver lista de endereços.
“Estamos montando toda uma estrutura para atender a população de forma organizada, ordeira e com toda a segurança. E essa estrutura poderá ser novamente utilizada nos anos seguintes”, afirmou a secretária da Semasdh, Goreth Garcia Ribeiro.
O pescado foi adquirido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab), ao custo total de R$ 427,5 mil em regime de licitação do tipo pregão presencial.
“Este é o segundo ano que fazemos a distribuição de peixe na Semana Santa. Temos 50 toneladas para este ano, a mesma quantidade do ano passado. A diferença é que estamos mais aparelhados e temos mais voluntários e o envolvimento de todos os secretários e subsecretários municipais”, disse o secretário da Sempab, Fábio Pacheco.

Captura de Tela 2015-03-28 às 10.24.15

Captura de Tela 2015-03-28 às 10.30.56

 

 

 

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close