Plataforma da Susam vai monitorar ocorrências em tempo real nas unidades de saúde da capital

A plataforma “Informa Saúde”, um sistema de monitoramento das ocorrências nas unidades da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), iniciou a sua implantação nesta semana na capital. O abastecimento e as intercorrências que interrompem o fluxo de atendimento serão cadastradas com o acompanhamento da Secretaria Executiva Adjunta de Atenção Especializada da Capital da Susam (SEA – Capital) em tempo real.
 
Segundo o secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, a plataforma alcança todas as unidades de saúde da Susam na capital. As maternidades, hospitais, policlínicas, unidades de urgência de emergência, além de Caimis e Caics estarão integrados à ferramenta.
 
De acordo com a secretária Executiva de Atenção Especializada da Capital, Dayana Mejia de Sousa, com a alimentação dos indicadores necessários, será possível agir de forma mais rápida na solução das ocorrências registradas pelos gestores.
 
Na palma da mão por meio de um celular ou na tela do computador, os gerentes de cada área poderão comunicar à SEA – Capital eventuais defeitos em equipamentos de apoio diagnóstico, informações sobre o fluxo de atendimento, além do percentual de abastecimento das unidades, que serão monitoradas de forma diária e semanal.
 
O anúncio da nova ferramenta foi feita nesta quinta-feira (03/10), em reunião com os gestores das unidades, no auditório da Susam.
 
De acordo com o gerente de maternidades da Susam, Lindinaldo Santos, a plataforma pode ser ampliada, de acordo com as observações dos gestores. O acompanhamento dos indicadores dará, segundo ele, um panorama completo do atendimento na capital, gerando estatísticas importantes para o planejamento.
 
“Poderemos quantificar quantas vezes um raio-x deu defeito, o nome da empresa e do técnico responsável daquele aparelho. E ainda as maiores demandas, o fluxo de atendimento do final de semana”, destacou o gerente.
 
Apesar de ter sido apresentada nesta quinta, a plataforma já está em amplo funcionamento. Além das informações diárias, todas as quartas-feiras os gestores farão a atualização do percentual de abastecimento, para receber o publico do final de semana.
 
“É um período de adaptação, mas as unidades já vão iniciar o uso. É mais uma ferramenta para nos ajudar na tomada de decisões de forma mais rápida”, disse, Lindinaldo

 

Close