Paratletas do Amazonas conquistam seis medalhas, sendo três de ouro, no Circuito Brasil Loterias Caixa de Halterofilismo

Com um saldo de três medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze, a equipe amazonense de Parapowerlifting da Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas (Adefa) encerrou sua participação no último Circuito Brasil Loterias Caixa de Halterofilismo, que ocorreu de 12 a 15 de setembro em São Paulo.

A equipe, que treina no Centro de Treinamento de Alto Rendimento do Amazonas (Ctara) e conta com o apoio do Governo por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), conquistou ainda dois índices, com colocação de 4º e 5º lugar, para disputar o Brasileiro.

Quem abriu o quadro de medalhas foi o bicampeão mundial e medalhista no Parapan-Americano, Lucas Santos, de 17 anos. O atleta quebrou mais um recorde e conquistou o 1º lugar na categoria até 49 quilos do Junior e do Adulto, ao levantar 127 quilos na barra. Para ele, a missão foi cumprida. “Eu queria estar entre os três principais atletas das duas categorias e consegui. Superei a minha marca e saio da competição satisfeito”, disse.

Uma das medalhas de prata conquistadas foi do atleta Daniel Ferreira, até 72 quilos. Ele conseguiu levantar 102 quilos e agora focará nos treinos para a fase nacional da competição. “O resultado é fruto de muito treino. Nós nos preparamos bastante para essa última fase do circuito e fomos felizes. Todos vieram com conquistas ou índices para o Brasileiro, competição mais importante, na qual vamos focar para representar bem o estado”, declarou.

Participaram ainda da competição e medalharam os atletas Eduardo Dantas, categoria até 54 quilos, campeão ao erguer 125 quilos; Vanessa Menezes, categoria até 61 quilos, que arrematou a prata ao levantar 64 quilos; e Maria de Fátima Castro, até 67 quilos, que conseguiu o bronze, levantando 75 quilos. Os atletas Carlos Cesar, categoria até 65 quilos, e José Ricardo Silva, até 107 quilos, conseguiram índices para disputar o Brasileiro, que será em novembro, em São Paulo, ficando em 4º e 5º lugar, respectivamente.

O técnico da equipe, Getúlio Filho, considera o resultado satisfatório, mas o objetivo será maior para o Brasileiro, que é chegar ao terceiro lugar por equipe. “Resultado já esperado e muito satisfatório. Agora vamos trabalhar e treinar ainda mais. Queremos chegar ao terceiro lugar por equipe no Brasileiro e pleitear o benefício do Bolsa Atleta, o que será um excelente investimento para eles e um feito inédito no estado”, finaliza.

 
 
 
Close