Um médico retirou nove dentes do cérebro de um menino depois que as estruturas ósseas se formaram em um tumor raro que não foi detectado desde o nascimento.

Os pais do garoto de cinco anos o levaram para o hospital depois que ele caiu, começou a vomitar e a reclamar de dores de cabeça.

Varreduras revelaram hidrocefalia – água no cérebro – bem como objetos de alta densidade perto de seu tronco cerebral.

O médico Shen Zhipeng, do Hospital Infantil da Universidade de Medicina de Zhejiang, no leste da China, realizou uma ressonância magnética, que revelou uma grande quantidade de objetos ósseos em seu cérebro.

Em uma craniotomia que durou até seis horas, Shen removeu nove dentes do cérebro do menino e depois diagnosticou um tumor de células germinativas conhecido como teratoma.

O tumor pode ser maduro e benigno ou imaturo e canceroso. Shen disse: “O cérebro humano é delicado como o tofu, ainda mais quando é de uma criança. Foi como tirar ossos de um ovo cru. Foi uma cirurgia muito complicada”.

“Todo mundo está ciente de que a leucemia é o câncer mais comum encontrado em crianças, mas o que as pessoas não sabem é que os tumores do sistema nervoso central são o segundo mais freqüente”, ressaltou.

Dos tumores do sistema nervoso central, os teratomas são incomuns e encontrados apenas cerca de 5% dos casos.

COMPARTILHAR