Foto: Alex Pazuello

As boas práticas administrativas da Prefeitura de Manaus foram novamente reconhecidas. Depois de ser considerada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjam) como a capital que mais atende à Lei de Responsabilidade Fiscal, Manaus recebe agora o prêmio “Foco Áquila de Gestão 2018”. A premiação foi realizada nesta quinta-feira, 16/11, na cidade de Belo Horizonte (MG).

O prefeito Arthur Virgílio Neto disse que a conquista vem dos inúmeros resultados positivos que o Município alcançou ao longo dos últimos cinco anos, sobretudo no que se referem aos avanços nas áreas da educação, gestão fiscal e administrativa.

“Temos uma parceria muito correta e valorosa para Manaus com o Grupo Áquila. A partir de metas muito bem definidas por nós, o Instituto nos ajudou a galgar 11ª posição do Ideb e vamos melhorar mais ainda. Hoje, também somos a capital mais equilibrada fiscalmente e com a previdência pública reconhecida como a melhor entre as capitais. Tudo isso é fruto da seriedade da nossa gestão e da ajuda do Grupo Áquila”, afirmou o prefeito, que foi ao evento acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária (FMS) Elisabeth Valeiko Ribeiro.

O Foco 2018 visa a prestigiar parceiros nacionais e internacionais que tiveram resultados excepcionais com a aplicação de melhores práticas de gestão, além de realizar um debate sobre o cenário político e econômico para o próximo ano.

Durante o evento foi apresentado um vídeo com a trajetória da Prefeitura de Manaus na busca por elevar a posição da cidade no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em 2016, a capital obteve o maior crescimento percentual nos Anos Finais do Ensino Fundamental, com nota 4,3, superando a meta estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC), que era de 3,8, saltando do 18º para o 11º lugar entre as capitais.

Para o presidente do Grupo Áquila, Rodrigo Godoy, a Prefeitura de Manaus é exemplo de interesse em realizar uma gestão de excelência, buscando sempre alcançar resultados cada vez melhores. “Uma capital que teve a melhor evolução no Ideb e foi considerada a melhor em gestão fiscal é um fato fantástico. Isso se deve à inciativa de melhorar, cada vez mais, o serviço prestado à população e deve ser reconhecido”, destacou.

COMPARTILHAR