Em novembro, Rede Bionorte organiza 1º Congresso de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia

 

UEA e outras 67 instituições compõem a Rede Bionorte
Para a soma de esforços, criação de oportunidades e interação entre a academia e os setores empresarial e governamental, a Rede Bionorte realizará, de 6 (quarta-feira) a 8 (sexta-feira) de novembro, o 1º Congresso de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia paralelo ao IV Workshop de Interação ICTs & Empresas. O evento ocorrerá no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, 5.001, bairro Flores, zona centro-oeste, em Manaus.
 
Segundo o coordenador do Polo Amazonas do Programa de Pós-Graduação da Rede (PPG-Bionorte), professor Jair Furtunato Maia, 68 institutos de ciência e tecnologia (ICTs), incluindo a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), realizarão o evento. “Esperamos fazer com que a academia, a sociedade e o setor empresarial possam interlocutar e, a partir daí, possam entender os anseios e as dificuldades de cada setor, e juntos possam delinear uma proposta de agenda positiva para a área da bioeconomia/biotecnologia”, disse.
 
O congresso, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), contará com simpósios, mesas-redondas, minicursos, apresentação de trabalhos e rodada de negócios, fortalecendo as ICTs dos nove estados da Amazônia Legal que compõem a Rede e seu doutorado.
 
Para mais informações, acesse o link bionorte.org.br
 
A Rede Bionorte – Criada em 2008, através da portaria nº 901 do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal (Bionorte) visa acelerar a formação de recursos humanos, além de integrar competências capazes de gerar conhecimentos, processos e produtos que contribuam para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

 

Close