ecretário estadual de Saúde participa do Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica

 

O secretário de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, participou da abertura do XI Troia – Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica, na noite de quinta-feira (20/06), em Manaus. Na ocasião, representando o governador, destacou a importância do evento envolvendo a questão da saúde pública na especialidade.

“Entendo que a especialidade, esta que estamos tratando em Manaus, é de extrema importância para o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS), e que as especialidades compõem a oferta de serviços de qualidade”, disse.

Rodrigo Tobias ressaltou a satisfação por Manaus sediar um evento como este. “Trazer a pesquisa, o desenvolvimento, a inovação nessa área temática em específico ao cenário da Amazônia é de uma grande satisfação”, afirmou.

 

De acordo com os organizadores do evento, houve um recorde na participação de especialistas, o que resultou em mais de 380 inscritos que participam do congresso, nesta quinta-feira (20/06) e sexta-feira (21/06). “Hoje, o nível da ortopedia local é graças a vocês e aos esforços nesse trabalho contínuo”, declarou o presidente do XI Troia, Chang Chia Po.

O presidente do Conselho Regional de Medicina (Cremam), José Bernardes Sobrinho, parabenizou a organização e enfatizou o papel do Conselho.

“O Conselho, que tem função precípua de fiscalizar e julgar, tem também um viés muito importante, que é a educação continuada. Isso aqui faz parte da educação continuada, então o Conselho tem a obrigação também de investir em congresso e evento com o objetivo de aprimorar o conhecimento dos nossos médicos de Manaus”, explicou.

Cenário no Amazonas – A rede estadual de saúde é organizada para atender aos casos de trauma ortopédico diversos em crianças. Possui um serviço organizado do atendimento para a Urgência e Emergência, acompanhamento ambulatorial e cirurgias ortopédicas pediátricas de urgência e eletivas.

Três prontos-socorros infantis da capital e um adulto realizam atendimento de urgência pediátrica nas diferentes zonas da cidade, o que facilita o acesso da população, além de agilizar o atendimento. São realizados, em média, 1 mil atendimentos e 230 cirurgias por mês na rede de atenção da capital. Após alta hospitalar, as crianças continuam atendimento ambulatorial no hospital de referência da Fundação Adriano Jorge.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker