Publicado em: 10 de Outubro de 2017 16:54

O funcionamento do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) foi tema da reunião realizada nesta segunda-feira (9), na sala das Adjuntas, na sede da SUFRAMA, entre técnicos da autarquia e uma comitiva sueca liderada pelo conselheiro técnico-científico da embaixada da Suécia no Brasil, Mikael Román, com a participação ainda de professores das universidades Nilton Lins, Unicamp e do ABC paulista. O evento faz parte da programação do Workshop Brasil-Suécia sobre digitalização da Amazônia.

Comitiva Suecia
Foto: Layana Rios

De acordo com o conselheiro da Suécia, o interesse da missão é levantar potencialidades na área de satélites, tecnologia de sistemas autônomos e drones, entre outros. “Essa viagem faz parte da sexta semana de Inovação Suécia-Brasil. Estamos com essa comitiva descobrindo novas regiões e aprofundando cada vez mais a dinâmica deste projeto para que chegue na sua capilaridade”, afirmou o conselheiro.

A comitiva foi recebida pelos técnicos da Coordenação Geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Jessé Rodrigues e Dave Silva, que apresentaram um histórico do modelo Zona Franca de Manaus e as vantagens comparativas de investimentos na região. “A SUFRAMA trabalha com a missão de promover o desenvolvimento regional executando uma política pública do governo federal brasileiro baseada no uso de tributos para fomentar o desenvolvimento regional por meio da industrialização”, afirmou Jessé Rodrigues.

Outros assuntos levantados durante a reunião foram os recursos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), oriundos da Lei de Informática, que têm como programas prioritários no Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (CAPDA) a Economia Digital, a Biotecnologia e a Formação de Recursos Humanos. A Zona Franca Verde (ZFV), que incentiva a criação de indústrias nas Áreas de Livre Comércio (ALCs) a partir de produtos com preponderância da matéria-prima regional, também foi discutida como proposta recente de desenvolvimento industrial nas demais áreas de abrangência da SUFRAMA.

COMPARTILHAR