Foto: Arquivo - Ascom - CGL

A Comissão Geral de Licitação do Estado do Amazonas (CGL-AM) concluiu o certame voltado para a revitalização do sistema viário de Manaus, garantindo uma economia de quase R$ 2,3 milhões ao erário público, se considerado o orçamento inicial previsto, da ordem de R$ R$ 149 milhões. A recuperação da malha viária da capital amazonense será realizada por um valor final de, aproximadamente, R$ 146,1 milhões.

A Construtora Amazônidas foi a vencedora do lote 01, que abrange a revitalização das ruas da zona norte. Nesta área da cidade, as obras serão executadas por um valor aproximado de R$ 54 milhões. Já o Consórcio D&M, composto pelas empresas DR7 Serviços de Obras de Alvenaria Ltda. e Pontual Serviços de Locação e Construtora Ltda., venceu o lote 02, que abrange as vias da zona leste da capital, onde as obras foram orçadas em R$ 29 milhões.

O lote 03 foi vencido pela empresa C.D.C. Empreendimentos Ltda., que ficará encarregada de recuperar as ruas da zona oeste da cidade pelo valor de R$ 27,2 milhões. Por sua vez, o Consórcio Manaus Pavimentação, composto pelas empresas M C W Construção Comércio e Terraplanagem Ltda. e Holmes Transportadora Ltda., levou o lote 04, que contempla as vias da zona sul, por um valor de R$ 24,3 milhões. O lote 05, que abrange a malha viária da zona centro-oeste da cidade, foi vencido pela empresa Mabole Construções Ltda., que deve destinar R$ 11,4 milhões por esse serviço.

De acordo com o presidente da CGL/AM, Victor Cipriano, a licitação para a revitalização do sistema viário da capital amazonense dá continuidade às ações governamentais, que têm priorizado a infraestrutura do estado. “Após contemplar o interior do Amazonas, o governo agora beneficia a cidade de Manaus com os serviços de pavimentação“, afirmou Victor Cipriano.

COMPARTILHAR