Wilson Lima entrega R$ 200 mil em fomento a associações do setor social de Carauari

Ação ocorreu durante início da distribuição do Auxílio Estadual permanente, no Ceti Professor Pedro Alves da Silva

O governador Wilson Lima realizou, nesta terça-feira (07/12), em Carauari (distante 788 quilômetros de Manaus), a entrega de três cheques-pagamento a organizações assistenciais. A verba, da ordem de R$ 200 mil, será utilizada para a aquisição de equipamentos e materiais permanentes. A ação ocorreu durante o início da distribuição do Auxílio Estadual permanente, no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Professor Pedro Alves da Silva.

Foram contempladas com os cheques as associações Casa de Apoio Júlia da Rocha Melo e das Mulheres Agroextrativistas do Médio Juruá (ASMAMJ). Os recursos são provenientes de edital do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). Mais de 900 pessoas devem ser beneficiadas com o repasse de recursos.

“A gente tem tido uma preocupação muito grande com o social. Essas instituições que estão sendo agraciadas, durante a pandemia, não puderam parar. Trabalham basicamente com voluntariado e tiveram muita dificuldade com doações. Por isso, o Estado do Amazonas tem priorizado essas associações sérias de apoio à mulher, ao idoso e à criança”, afirmou o governador, que coordenou o evento ao lado da primeira-dama do Estado, Taiana Lima.

A Casa de Apoio Júlia da Rocha Melo atende, aproximadamente, 240 pessoas, e atua no assistencialismo social básico, com trabalhos de inclusão e suporte a pessoas em tratamento oncológico, em Carauari, viabilizando atendimento e medicamentos como forma de garantia de direitos aos pacientes com câncer. Com o cheque, no valor de R$ 77,8 mil, a associação irá adquirir equipamentos permanentes, como motos, computadores, condicionadores de ar, bebedouro, armário e geladeira, dentre outros itens.

FOTOS: Lucas Silva/Secom

Participação feminina – A ASMAMJ é conhecida por realizar acompanhamento com pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, rodas de conversas guiadas e encontros de casais, a fim de reduzir a violência doméstica. Também promove ações de empreendedorismo, cursos de parteiras tradicionais e oficina de resgate do conhecimento sobre plantas medicinais. Com o aporte de R$ 122,6 mil, a associação vai adquirir um bote de alumínio, motor rabeta, equipamentos de informática e outros materiais permanentes.

“Essa quantia tem um significado enorme, porque vai ajudar no crescimento da Associação, vai apoiar as mulheres nas suas atividades de empreendedorismo e vai fortalecer a Associação para que ela possa continuar ajudando as mulheres do Médio Juruá”, afirmou Quilvilene Figueiredo, presidente da ASMAMJ.

A aquisição desses equipamentos permitirá a participação feminina na cadeia de óleos vegetais, no Médio Juruá, com garantia e mais qualidade e segurança no trabalho, além de aumentar a produção da saboaria artesanal protagonizada por mulheres da região.

Coloque

Atualmente, o grupo atende cerca de 670 mulheres, direta e indiretamente.

Related Articles

Close