Teóricos da Teoria Crítica

Os teóricos da Teoria Crítica , objetivam fazer um contraponto da a leitura do mundo e suas estruturas e instituições vigentes , ou seja, como o próprio nome diz , realiza a crítica ao que está posto e, precisamos contextualizar em que cenários do século XX que os teóricos estão inseridos que é justamente o da prevalência da recém-nascida ciência social , mais conhecida como sociologia que, tem como sues precursores, Augusto Comte , Karl Marx, Max Webber e  Émile Durkheim.

Desses quatro  teóricos da sociologia apesar de trabalharem conceitos complementares um ao trabalho do outro, basicamente se afinam na concepção de racionalização do pensamento, comportamento e engessamento do Status quo , com sua teoria funcionalista, que preconiza que , cada instituição tem um papel fundamental dentro da estrutura social predominante , destoando deles somente Karl Marx, justamente o filósofo e economista político do século XIX que vai servir de fonte inspiradora para os teóricos da teoria crítica ,Max Horkheimer, Erich Fromm, Friedrich Pollock, Leo Löwenthal, Theodor Adorno, Walter Benjamin, Herbert Marcuse, Jürgen Habermas, Axel Honneth , que ficaram popularmente conhecidos como neomarxistas.

Dentro deste diapasão, podemos ver na contribuição de Adorno a respeito de sua crítica a teoria funcionalista de   Émile Durkheim :

 

 

 

 

 

Nesta mesma toada de Adorno, vemos uma forte crítica desferida por Horkheimer no que se refere a dominação do individuo pelo status quo dominante :

 

 

 

 

 

O que podemos contatar na linha de pensamento dos dois maiores expoentes da Teoria Crítica ,  Horkheimer  e Adorno, é que sua filosofia  vem com o propósito de levar o individuo a reflexão da realidade do mundo e, subsidiar o mesmo apara que perceba o processo de alienação que está inserido.

Close