SES-AM e Hospital Sírio-Libanês realizam encontro do ProadiSUS em Parintins

Na última semana, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) realizou o 2º Encontro Nacional do projeto “Desenvolvimento da Gestão de Programas de Residência e Preceptoria no SUS – DGPSUS”, uma iniciativa do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do SUS (ProadiSUS), do Ministério da Saúde, implementado pelo Hospital Sírio-Libanês no Estado do Amazonas. Em 2020, os encontros ocorreram virtualmente.

O projeto, iniciado em 2019, contou com dois cursos de pós-graduação e formou 18 trabalhadores da saúde de Parintins. Além da formação com metodologias ativas, os especializandos tiveram formação em gestão para construção, implementação e monitoramento de projetos de intervenção, desenvolvidos durante o programa.

Para o gerente de Desenvolvimento de Pessoas e Educação em Saúde da SES-AM, Davi Cunha, o projeto é uma conquista significativa para a formação e desenvolvimento de servidores e gestores da saúde, principalmente por ser realizado fora da capital Manaus.

“Ao finalizar o projeto, podemos reconhecer que essa conquista é fruto da dedicação dos servidores participantes, que se empenharam em adquirir aprimoramento pessoal, técnico e profissional, tendo em vista a melhoria da prestação de serviços de saúde à população”.

Durante a formação, foram construídos quatro projetos de intervenção, e os projetos “Preceptoria e Saúde: Formação de profissionais preceptores no município de Parintins” e “Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família no município de Parintins: desafios e potencialidades” foram apresentados como destaque nacional no encontro.

A partir dos resultados destacados, foram formados profissionais para acompanhamento qualificado dos estudantes dos cursos de saúde do município, iniciada a reorganização das farmácias básicas e instituído o Núcleo de Educação Permanente.

A SES e o Hospital Sírio-Libanês vêm prestando apoio e  validando a qualidade desses projetos e realizando ações para alavancá-los, como Termos de Cooperação e a Oficina de Fortalecimento e Ampliação dos Núcleos de Educação Permanente em Saúde e Humanização. Todas essas ações também estão alinhadas ao programa Saúde Amazonas, lançado em 2020 pelo Governo do Amazonas.

Para a facilitadora do Hospital Sírio-Libanês, Cristiana Carvalho, além do destaque da participação dos estudantes, mesmo durante a pandemia, outro ponto importante foi presença do Estado na atividade de encerramento, pois apoiou na identificação de necessidades para continuidade do trabalho iniciado, bem como potencialidades de ampliação da iniciativa.

“Para nós do Sírio-Libanês, um dos destaques desse projeto foi a aplicação dos alunos. Mesmo durante a pandemia eles conseguiram realizar atividades de acompanhamento de trabalho no serviço e implementação do projeto”, frisou.

Related Articles

Check Also

Close
Close